Instituto

Mackenzie Academia Corporativa: Um novo modelo de desenvolvimento profissional

Colaboradores da instituição poderão aprender mais sobre educação corporativa

07.02.202014h14 Comunicação - Marketing Mackenzie

Compartilhe nas Redes Sociais

A partir de abril, os colaboradores das unidades Higienópolis, Rio de Janeiro, Palmas, Alphaville, Campinas e Brasília do Mackenzie terão uma nova possibilidade de capacitação por meio do Mackenzie Academia Corporativa (MAC), um site que possibilitará o desenvolvimento de diversas habilidades dos profissionais e a divulgação sobre a cultura da Instituição. As ações relacionadas aos treinamentos e à capacitação serão comunicadas a todos os colaboradores.

De acordo com a professora Julia Kenski, que prestou consultoria para o projeto, o MAC é uma forma do Mackenzie auxiliar continuamente os colaboradores a se desenvolverem na sua atuação profissional. “Quando a empresa oferece formação aos seus profissionais (na forma de treinamentos e cursos), esses se sentem mais seguros quanto ao que é esperado deles. Há um alinhamento melhor com as práticas, as 'regras do jogo' e a cultura da empresa”, afirma.

A MAC é realizada em um formato de educação corporativa, uma prática de gestão que tem ganhado cada vez mais espaço nas empresas brasileiras. O conhecimento dos funcionários tem sido um diferencial no mercado, já que investir nestas ações pode gerar um incremento de 218% na produtividade de uma organização, de acordo com um estudo feito pela Association for Talent Development (ATD).

“Impossível ter um crescimento e expansão dos negócios sem um investimento estruturado e permanente na formação das pessoas”, declara a professora da USP, Marisa Eboli, que prestou consultoria para o Mackenzie durante a estruturação da Academia.

A Pesquisa Nacional de Práticas e Resultados da Educação Corporativa, realizada pela Fundação Instituto de Administração, demonstrou que a educação corporativa melhorou diversos aspectos em uma empresa, tanto internos quanto externos. Por exemplo, houve 93% de melhora no desempenho dos colaboradores, 87% de aperfeiçoamento no desempenho das áreas, além de 92% na ampliação da satisfação dos funcionários.

Nos aspectos externos, a pesquisa apontou que houve 83% de melhora na qualidade dos produtos, serviços e atendimento, e 79% de melhora da imagem institucional.

“Há muitos motivos para as empresas investirem em educação corporativa, mas o principal, atualmente, é ter os profissionais adequados às necessidades dos negócios da empresa. As pessoas precisam entender sobre as tecnologias que a organização usa, a forma de trabalhar e o que a empresa espera dele”, pontua Julia.

Para Marisa, as disciplinas ensinadas na Academia Corporativa devem ser escolhidas estrategicamente, de forma a promover melhoras individuais que terão impacto na produtividade de toda equipe. “Deve ser um sistema de formação de pessoas pautado pelas competências estratégicas que devem ser desdobradas nas individuais para, então, serem desenhadas as soluções de aprendizagem que desenvolverão as competências requeridas”, conclui. 

No Mackenzie, serão oferecidos cursos em cinco escolas diferentes: 

Identidade Mackenzie - Para fortalecer comportamentos pautados pelas normas, filosofia, princípios e valores, valorizando a cultura do Mackenzie e preservando a identidade institucional.

Excelência Funcional - Com o objetivo de desenvolver as competências técnicas e comportamentais relacionadas à sua função.

Ser sustentável - Para desenvolver ações de sustentabilidade de nosso segmento, com foco no desenvolvimento das competências.

Liderança Estratégica - Com foco na formação nas habilidades pertinentes à gestão de pessoas, para o desenvolvimento de novas práticas entre os gestores.

Atitude Mackenzista - Para desenvolver atitudes requeridas aos profissionais da Instituição, que estejam diretamente ligadas aos valores e ao desempenho desejáveis.