Eventos

Conferência do CEMAPI debate o novo capítulo da globalização

Presidente do New Development Bank foi o convidado do dia

20.09.202210h32 Comunicação - Marketing Mackenzie

Compartilhe nas Redes Sociais

Conferência do CEMAPI debate o novo capítulo da globalização

O Centro Mackenzie de Estudos Avançados em Políticas Públicas e de Integridade (CEMAPI), do Instituto Presbiteriano Mackenzie (IPM), promoveu, na última sexta-feira, dia 16 de setembro, a conferência magna O Novo Capítulo da Globalização: Oportunidades para o Brasil, com o presidente do New Development Bank (NDB), também conhecido como Banco dos Brics, Marcos Prado Troyjo, no Auditório Ruy Barbosa, campus Higienópolis. 

Diretores, professores e alunos da Escola de Engenharia (EE), Faculdade de Direito (FDir) e do Centro de Ciências Sociais e Aplicadas (CCSA) da Universidade Presbiteriana Mackenzie (UPM) participaram da conferência. Para Troyjo, o novo capítulo da globalização passa por quatro tendências: países emergentes - China, Índia, Brasil, Indonésia, Rússia, México e Turquia - estão ocupando uma fatia cada vez maior do Produto Interno Bruto (PIB) global, cerca de 20% mais que o G7 - Estados Unidos, Japão, Alemanha, França, Reino Unido, Itália e Canadá

Depois, ainda de acordo com o economista, há uma reconfiguração na chamada rede global de valor, no qual as empresas estão mudando seu posto de produção, e a junção da infraestrutura física e digital, determinada pela capacidade de incorporar tecnologia na atividade econômica. 

“Tem uma quarta tendência, acho que tem tudo a ver com o Mackenzie. Talvez o principal fator de produção seja o talento. Mais do que capital, o talento se tornou o elemento mais importante para o crescimento econômico”, disse Troyjo. 

O presidente do Conselho de Curadores e vice-presidente do Conselho Deliberativo do IPM, Antônio César de Araújo Freitas, comentou sobre a importância da presença de Marcos Troyjo. “O New Development Bank tem à frente um brasileiro com uma larga folha de serviços prestados na economia do país. Certamente, sua presença, aliada à experiência, nos trará vetores para o momento que o Brasil vive”, falou. 

Autoridades 

A mesa de autoridades foi composta por: conselheiro Antônio César de Araújo Freitas; o secretário especial de assuntos estratégicos do Palácio do Planalto, Almirante Flávio Rocha; o secretário do Conselho de Curadores e do Conselho Deliberativo do IPM e membro do Conselho do CEMAPI, Renato Laranjo Silva; o membro do Conselho Deliberativo do IPM e do Conselho do CEMAPI, Anizio Alves Borges; o chanceler do Mackenzie, reverendo Robinson Grangeiro Monteiro; e diretor do CEMAPI e docente da FDir, professor Antônio Carlos Rodrigues do Amaral.  

Após as falas institucionais, a mesa da conferência foi composta, além do conselheiro Freitas e do professor Amaral, pelo: professor emérito da UPM, Ives Granda Martins; presidente do Conselho da Administração do Bradesco, Luiz Carlos Trabuco; e o próprio Troyjo. 

O reitor da UPM, Marco Tullio de Castro Vasconcelos, recebeu os convidados e deu as boas-vindas. 

Posse na Academia Internacional de Direito e Economia 

Marcos Troyjo também tomou posse como Acadêmico Titular da Academia Internacional de Direito e Economia (AIDE). “Estou muito feliz, a Academia reúne alguns dos maiores nomes do país no campo do estado de direito, da democracia representativa e economia de mercado. É uma enorme honra”, afirmou ele. 

Lançamento do Livro 

No fim do evento, foi lançado o livro do CEMAPI Reformas, Desenvolvimento Econômico e Políticas Tributárias: Estudos em Homenagem ao Centenário do Nascimento do Prof. Oliver Oldman da Harvard Law School

“Fizemos o livro no ano passado, durante a pandemia, com mais de 80 autores tratando de reforma tributária, direito ambiental e economia”, explicou o diretor do CEMAPI, Antônio Carlos Rodrigues do Amaral. A apresentação da obra é do Ministro Luís Roberto Barroso e o prefácio é de Ives Gandra Martins.