Surgimento de novas organizações

Prof. Dr. Sidnei Augusto Mascarenhas Curso de Administração - CCSA Prof. Marcos A. Franklin Mestrado Profissional em Administração do Desenvolvimento de Negócios - CCSA

30.10.201814h43 Comunicação - Marketing Mackenzie

Compartilhe nas Redes Sociais

Prof. Dr. Sidnei Augusto Mascarenhas Curso de Administração - CCSA Prof. Marcos A. Franklin Mestrado Profissional em Administração do Desenvolvimento de Negócios - CCSA

As novas organizações têm sua origem nos empreendedores bem-sucedidos em organizar recursos para responder as oportunidades percebidas. O papel do empreendedor não está somente em experimentar novas tecnologias, mas em escolher entre as tecnologias viáveis as adequadas em fornecer ao mercado, a valores justos, os produtos mais necessários (Mises, 2017).  

No entanto, para Aldrich (2005), o empreendedorismo está fortemente ligado à ordem social vigente. Nesse sentido, há aspectos interessantes para abordar, como os empreendedores podem reproduzir ou desafiar a ordem social existente em função das condições sociais vigentes e do momento histórico em particular.

Em sociedades caracterizadas pela desigualdade na distribuição de renda, riqueza, poder político e outros valores, esta desigualdade poderá ser reproduzida no processo de fundação das novas organizações econômicas. Um outro aspecto diz respeito a como os empreendedores garantem a reprodução da população organizacional existente, cujo foco se encontra em pesquisas realizadas com base na teoria da ecologia organizacional.

O que se percebe é que as organizações emergem quando os empreendedores obtêm êxito em atividades de construção de confiança entre potenciais clientes, credores, fornecedores, outros indivíduos e outras organizações. A explicação para o aparecimento destas novas organizações abrange fatores como estrutura do mercado, regime tecnológico e características do indivíduo empreendedor como fatores comportamentais e a experiência profissional.

O surgimento de novas empresas reflete estruturalmente as tecnologias emergentes, as crenças, os valores e as normas da moderna economia que está fundamentada no acúmulo de conhecimentos utilizáveis e na extensão das suas aplicações. Nesse cenário, esses conhecimentos incorporados resultarão em sua expansão ou mudança de paradigma mudança de paradigma sa estrutura de mercado nessa estrutura de mercado. Assim, a habilidade dessa sociedade em responder aos seus problemas está relacionada com o surgimento e a manutenção de novas organizações.

Referências

Aldrich, H. (2005). Entrepreneurship. In: SMELSER, N.J.; SWEDBERG, R. The handbook of economic sociology. New Jersey: Princeton University Press.

Mises, Ludwig von. (2017). Lucros e perdas. São Paulo: LVM Editora, 2017