Compartilhe nas Redes Sociais

O jornalista tem uma grande responsabilidade, já que esse profissional atua como um agente de mediação social, que se sobrepõe aos aspectos técnicos e práticos de suas atividades. Por isso, o curso investe numa sólida formação social, ética e humanística, com disciplinas que contextualizam os fatos socioculturais e a evolução do pensamento, assim como os aspectos históricos, éticos, políticos, estéticos e técnicos do jornalismo, criando subsídios para o desenvolvimento do espírito crítico do profissional e propiciando aos alunos conhecimentos específicos e profundos dentro da área de estudo. A competência técnica exigida pelo mercado de trabalho é priorizada com atividades nos laboratórios de computação gráfica e de fotografia e nos estúdios de TV e rádio.

O Mercado de Trabalho

O jornalista formado pela UPM sai preparado para atuar em empresas de comunicação – privadas ou públicas – e em instituições filantrópicas, entidades assistenciais e sindicatos de trabalhadores, em razão de sua formação cultural e humanística de base, que o torna apto a lidar com questões comunitárias que integrem a solidariedade e o coletivismo, fazendo do material que constrói (as informações e o noticiário) ferramentas de crescimento e fortalecimento desses vínculos na sociedade.

Avaliações e Premiações
Administração do Curso