mesa com caderno, tablet e pessoa escrevendo
Atualidades

Dicas para escrever bem

Separamos alguns conselhos para que você possa caprichar na hora de fazer aquele texto 

01.06.202013h00 Comunicação - Marketing Mackenzie

Compartilhe nas Redes Sociais

Escrever pode ser considerado uma arte, um dom, ou até mesmo uma terapia. Por meio da escrita, somos capazes de comunicar pensamentos, sentimentos, criar mundos, reinventar nossa realidade, digerir vivências e dar voz para nossa consciência, sem contar de sua relevância na escola, trabalho, vestibular e etc. Escrever é uma prática que apresenta diversos e inúmeros benefícios e pode ser sempre aperfeiçoada.  

Por isso, conversamos com a professora de Letras da Universidade Presbiteriana Mackenzie (UPM), Cristine Mattos, que passou alguns conselhos importantes para quem deseja escrever bem. 

De acordo com a docente mackenzista, vivemos em uma sociedade que valoriza mais a comunicação escrita do que a oral. Por isso, escrever bem permite uma melhor interação entre pessoas. “A linguagem escrita permite mais planejamento que a oral, por isso, tende a produzir mensagens que comunicam melhor e, consequentemente, permitem um melhor convívio social”, declara a professora. 

“Como a escrita permite um melhor planejamento dessa linguagem, sua prática leva aquele que escreve com frequência e habilidade a pensar mais claramente, a organizar melhor suas ideias e a compreender melhor a organização das ideias alheias”, acrescenta Cristine.  

Por isso, pegue o papel e lápis, ou então se prepare para digitar, e comece a praticar uma escrita de qualidade.  

Planejamento 

“Pensar, por exemplo, qual será a extensão do texto (detalhado ou conciso); qual será a linguagem usada (formal ou informal); quais informações deverão constar; o que será dito primeiro ou por último, etc. Escrever sem um mínimo planejamento pode gerar mensagens confusas ou, o que é pior, mensagens que comuniquem erroneamente aquilo que não se deseja”. 

Sempre releia o que foi escrito 

“Sempre que possível, aconselha-se, especialmente no caso de mensagens importantes, deixar o texto escrito para ser revisado e corrigido um dia depois de elaborado. Isso porque, ao mantermos contato prolongado com um texto, sempre nos tornamos 'cegos' para ele, porque começamos a ler mais o que temos em mente e menos o texto redigido em si”. 

Leia bastante 

“A leitura pode contribuir para uma escrita mais habilidosa, desde que praticada com textos bem elaborados. Textos falhos em sua capacidade de comunicar podem ser contraproducentes. Por isso, para uma melhor escrita, convém a leitura de textos de reconhecida qualidade”. 


Notícias relacionadas