Colégio Presbiteriano Mackenzie é pioneiro na aplicação do Novo Ensino Médio

Instituição serviu como base para outras escolas aplicarem o currículo segundo regras da BNCC

06.07.202111h17 Comunicação - Marketing Mackenzie

Compartilhe nas Redes Sociais

Colégio Presbiteriano Mackenzie é pioneiro na aplicação do Novo Ensino Médio

Desde 2017, a Educação Básica no Brasil tem passado por mudanças significativas, principalmente no Ensino Médio, após a homologação da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), que estabeleceu uma uniformização nas etapas do aprendizado de estudantes de todo o país. Estabeleceram-se, com isso, algumas alterações importantes que modificaram a estrutura do ensino na etapa do Ensino Médio. O Mackenzie, por sua vez, reconhecido por seu pioneirismo,  tomou a frente na consolidação dessa transformação. 

“O Novo Ensino Médio contribui para a formação do jovem de forma extremamente positiva, por levá-lo a percorrer espaços formativos mais inovadores, atualizados, criativos, que correspondem significativamente às suas necessidades e anseios quanto ao seu projeto de vida que, a partir de agora, começa a ser orientado também pela Escola”, aponta a Superintendente de Educação Básica do Instituto Presbiteriano Mackenzie (IPM), professora Márcia Braz. 

No novo Ensino Médio, o Mackenzie estabeleceu seus Itinerários Formativos que focam no desenvolvimento do Projeto de Vida dos alunos, no preparatório para os exames Vestibulares e no estudo de áreas do conhecimento, com as Trilhas de Aprofundamento Acadêmico. Tudo isso ordenado a partir dos Eixos Estruturantes previstos pelas Diretrizes Nacionais do Ensino Médio: investigação científica, Processos Criativos, Mediação e Intervenção Sociocultural e Empreendedorismo.

 “Pensado de forma articulada com a Formação Geral Básica, com os componentes curriculares convencionais de cada área de conhecimento, os itinerários mesclam ofertas de programas mais conservadores e outros que podem ser escolhidos pelos alunos”, explica Braz. 

O Mackenzie estabeleceu diversas Trilhas de Aprofundamento, elaboradas com base em uma sólida pesquisa a respeito dos interesses dos alunos de cada unidade, que permitiram aos estudantes o aprofundamento dos conhecimentos nas áreas, de acordo com as necessidades, escolhas e interesses dos estudantes, dando a eles um maior protagonismo. 

O Projeto de Vida por sua vez ajuda os alunos a pensar sobre o futuro, com “objetivo de acompanhá-los em sua jornada de autoconhecimento, não só de suas características identitárias, mas de suas habilidades socioemocionais e acadêmicas, na relação com os outros, com ele mesmo e com o mundo”, acrescenta a superintendente.

Ao promover a efetivação do Novo Ensino Médio em seu currículo, o Mackenzie segue com seu caráter inovador e pioneiro e serviu até mesmo como parâmetro para outras instituições de ensino.

Por fim, é importante lembrar que mesmo com as novas regras para o currículo, a base fundamental do projeto pedagógico não sofreu alterações. O fundamento filosófico e teológico, erguidos sobre a cosmovisão cristã reformada, seguem sendo a pedra angular do ensino mackenzista. 

Conheça mais sobre o novo Ensino Médio: 

<iframe allow="accelerometer; autoplay; clipboard-write; encrypted-media; gyroscope; picture-in-picture" allowfullscreen="" frameborder="0" height="315" src="https://www.youtube.com/embed/3RWOvqyEGyY" title="YouTube video player" width="560"></iframe>

<iframe allow="accelerometer; autoplay; clipboard-write; encrypted-media; gyroscope; picture-in-picture" allowfullscreen="" frameborder="0" height="315" src="https://www.youtube.com/embed/oLrGaiG9Yuc" title="YouTube video player" width="560"></iframe>

Buscai, pois, em primeiro lugar, o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.
Mateus 6:33