Ética e Cidadania

Formatura AEJA Mackenzie – modificando vidas

Mais de 10 alunos do 3º ano do Ensino Médio são aprovados no vestibular 2019

18.02.201911h19 Comunicação - Marketing Mackenzie

Compartilhe nas Redes Sociais

Mais de 10 alunos do 3º ano do Ensino Médio são aprovados no vestibular 2019

A Escola AEJA (Educação de Jovens e Adultos) Mackenzie celebrou a formatura de 28 alunos do 3º ano do Ensino Médio do segundo semestre de 2018. Foi mais uma etapa cumprida na vida dos estudantes que, nas palavras do formando Norberto, orador escolhido pela turma para discursar na cerimônia, os modificou. “Não somos os mesmos. Nos sentimos confiantes de que podemos ir mais, alcançar mais”, disse ele durante o evento.

Segundo Marcia Nepomuceno, diretora da AEJA Mackenzie, além do preparo técnico fornecido aos alunos, um dos pontos que mais torna o trabalho da Escola produtivo é a evolução e crescimento pessoal e profissional. “A cada passo que eles avançam, cada conquista que conseguem os deixa mais confiantes e motivados a evoluírem e investirem em si mesmos e é isso que faz toda a diferença na vida de cada aluno e em nosso trabalho”, conta a professora.

Suas palavras são confirmadas pela atitude de continuidade nos estudos dos formandos. Neste início de ano, foram 13 alunos saídos da AEJA Mackenzie aprovados em vestibulares em diversas áreas e universidades, alguns deles prestaram prova na própria Universidade Presbiteriana Mackenzie (UPM), sendo que 11 foram aprovados. Confira a lista abaixo.

Aprovados no Vestibular 1º semestre 2019

  1. Ana Paula de Queiroz Ferreira – Pedagogia
  2. Eberson Andre Pinheiro Amaro – Engenharia Civil
  3.  Elizabete Araújo da Silva – Pedagogia
  4. Fernanda Alves da Costa – Farmácia
  5. Francisca Monteiro de Oliveira – Pedagogia
  6. Gabryela Piloto Tramarim – Psicologia
  7. Julio Kizimia Machado - Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistema
  8. Lucas Vinicius Correa Alves – Administração
  9. Marilede Ferreira S. França – Psicologia
  10. Selma Brito de Oliveira – Pedagogia
  11. Severina Ferreira Alves – Tecnologia em Gastronomia
  12. Vitória Santos Dutra – Licenciatura em Matemática
  13. Vivian de Oliveira Cavicchioli – Letras

Trajetória

Como relatou Norberto durante sua apresentação, a jornada de cada pessoa ali dentro teve seus próprios desafios e dificuldades, mas são justamente estes obstáculos que, quando superados, trazem prazer e confiança à vida dos estudantes. “Cheguei aqui nas séries iniciais, em 2008. Estudar aqui significou um resgate, o ambiente escolar foi estranho para mim no início, mas comecei a me adaptar, conhecer e gostar desse novo lugar onde tanto aprendi. AEJA não foi apenas uma escola, os professores me ajudaram muito, tive novos comportamentos, o estudo fez uma mudança muito grande na minha vida. A AEJA nos capacitou para enfrentarmos o dia a dia, hoje olhamos o mundo de forma diferente, nos sentimos incluídos na sociedade. Aqui recebemos a chave principal para abrirmos as portas para novas oportunidades dentro da sociedade, recebemos o conhecimento”, afirmou o orador.