Notebook ao lado de caderno, ambos em cima da mesa.
Atualidades

Você conhece a Incubadora de Empresas Mackenzie?

Saiba mais sobre esta área de apoio ao desenvolvimento de projetos e empresas inovadoras

09.04.201913h28 Comunicação - Marketing Mackenzie

Compartilhe nas Redes Sociais

A Incubadora de Empresas Mackenzie é um ambiente de apoio ao desenvolvimento de empresas inovadoras, que oferece suporte técnico, gerencial e formação complementar ao empreendedor. Seu papel é apoiar o desenvolvimento de novos negócios a partir da oferta de serviços, como consultorias nas áreas jurídicas, de modelo de negócios, finanças, marketing e operações, além de treinamentos e capacitações para pitchs (rápida apresentação de uma ideia para vendê-la) para que a empresa possa se graduar e ir para o mercado.

A ideia surgiu através de um grupo de aproximadamente dez professores que começaram uma discussão sobre a importância do desenvolvimento do empreendedorismo na Universidade Presbiteriana Mackenzie (UPM), em 2005. A Incubadora teve sua primeira instalação em 2008, na Rua Maria Antônia, nº 358, 2º andar, e teve sua expansão para o terceiro andar no ano seguinte.

Com a chegada do reitor Benedito Guimarães Aguiar Neto à UPM, houve crescimento da abrangência das atividades da Incubadora, que culminou no atual formato em execução. Além disso, neste ano, a área terá expansão ainda mais intensa, com o melhoramento substancial das ações, sob o comando do coordenador Leandro Nunes, responsável pela Coordenadoria de Desenvolvimento e Inovação (CDI).

De acordo com Nelson Fragoso, coordenador da Incubadora de Empresas Mackenzie - São Paulo, “a incubadora dispõe de espaço físico, módulos de 14 m2 a 18 m2, e oferece uma série de serviços, como cursos de capacitação, assessorias, consultorias, orientação na elaboração de projetos, serviços administrativos, acesso a informações e apoio para participação em feiras e eventos”.

Sua infraestrutura física neste espaço conta com sala de reunião, serviço de limpeza, segurança, energia elétrica, correio interno, dentre outros. Para projetos pré-incubados, há uma sala de sete computadores para pesquisa e desenvolvimento do empreendimento.

Para se candidatar a uma vaga na incubadora ou pré-incubadora, o empreendedor deve participar de um processo seletivo cujas regras são estabelecidas em editais próprios. O tempo de permanência das empresas incubadas é de até três anos e para projetos pré-incubados de até um ano. Desde que não sejam contra os princípios do Instituto Presbiteriano Mackenzie (IPM), qualquer projeto com nível de inovação pode se candidatar.

Qual a diferença entre empresas pré-incubadas e incubadas?

A pré-incubadora é voltada para projetos e ideias, enquanto incubadora é a denominação para empresas e startups novas que desejam se lançar ao mercado. Atualmente, são 29 projetos pré-incubados, quatro empresas incubadas e mais de 20 graduadas (até março/2019). Ao todo, juntando empresas e projetos, já foram realizados mais de 200 atendimentos.