Atualidades

Pratique exercício físico com o projeto Treino Em Casa

Aumento da imunidade é uma das vantagens da prática esportiva

09.04.202016h37 Comunicação - Marketing Mackenzie

Compartilhe nas Redes Sociais

A prática de atividade física proporciona vários benefícios para o corpo e mente. Neste momento de isolamento social, em que cuidar da saúde é indispensável, surge o projeto Treino Em Casa, protagonizado pelo ex-atleta olímpico, professor de Educação Física e Saltos Ornamentais do Colégio Presbiteriano Mackenzie (CPM) Brasília, César Castro, em parceria com a equipe de Marketing do Instituto Presbiteriano Mackenzie (IPM). Todas as terças e quintas, no IGTV do Instagram do Mackenzie e também em sua página no Facebook e canal do YouTube, uma série de exercícios é postada para manter ativo quem já tinha uma rotina de treinos e também quem não praticava nenhum tipo de atividade, mas gostaria de criar este hábito saudável. 

De acordo com Castro, o bem-estar físico acontece durante e pós exercício, e este hábito reflete na melhora do sono, autoestima, no controle do peso e aumento da imunidade. “Um dos benefícios mais importantes neste momento, pois, se estivermos bem fisicamente, as chances de termos sintomas fortes em caso de pegar o vírus da covid-19 são menores”, afirma. 

Ao realizar uma atividade física, o corpo, por meio dos neurotransmissores, libera hormônios como a serotonina, dopamina e endorfina, responsáveis pela sensação de bem-estar e controle do estresse e ansiedade. Associado a uma boa alimentação, o treinamento também melhora a circulação sanguínea e concentração.

O professor também explica que atividade física pode ser algo prazeroso, principalmente se feita em família. “É um momento em que a família pode estar reunida e que contribui muito na união. Coloque uma música que você gosta, depois uma que agrade seu pai, sua mãe ou seu irmão. Um ajuda o outro”, sugere. Castro, que também é ex-atleta olímpico, recomenda beber bastante água e manter o máximo de concentração durante a prática do exercício, pois isso evita dispersão e melhora o resultado do treino.

Outro fator importante destacado por ele é que as pessoas respeitem o seu próprio ritmo e limite para não se machucar. “Vá devagar, o condicionamento físico é uma coisa adquirida aos poucos”, reforça. Por fim, César Castro comenta sobre o projeto Treino Em Casa. “A proposta é bacana e vamos trabalhar para que todo mundo saia beneficiado e, dependendo de como for, a gente pode prolongar isso até mais para frente”.

Os dois primeiros vídeos já estão disponíveis, confira abaixo: