Autoridades sentadas à mesa enquanto a paraninfa discursa ao púlpito
Reitoria

Mackenzie forma mais de 100 doutores em 2018

Cerimônia de outorga conta com apresentação musical e prestígio de autoridades

04.02.201919h41 Comunicação - Marketing Mackenzie

Compartilhe nas Redes Sociais

Cerimônia de outorga conta com apresentação musical e prestígio de autoridades

A emoção esteve presente na sexta-feira, 01 de fevereiro, no auditório Ruy Barbosa, palco da solenidade de outorga do título de doutor a 105 alunos da Universidade Presbiteriana Mackenzie (UPM) que concluíram seus cursos em 2018 nas áreas de Administração; Arquitetura e Urbanismo; Direito Político e Econômico; Distúrbios do Desenvolvimento; Educação, Arte e História da Cultura; Engenharia Elétrica e Computação e Letras.

Ao som do piano comandado por Flavio Regis Cunha, da coordenadoria de Arte e Cultura da UPM, centenas de convidados foram recebidos para prestigiar os formandos do mais alto grau acadêmico. Composta a mesa de autoridades, Benedito Guimarães Aguiar Neto, reitor da UPM, realizou o discurso de abertura seguido pelo pronunciamento de pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação, professor Paulo Batista Lopes

Para Aguiar Neto, a outorga de um grau de doutor é a solenidade máxima de uma universidade, “pois se trata de um momento muito especial no qual estamos entregando à sociedade 105 novos cientistas, atuando na área da pesquisa e desenvolvendo a docência em muitas universidades. Em momentos como este enxergamos que cumprimos nosso papel: formar pessoas altamente qualificadas para atuarem na pesquisa, contribuírem para a inovação tecnológica e, de uma forma geral, com o desenvolvimento social e econômico do país”, destacou o reitor.

A prática devocional da noite teve a palavra do capelão universitário, reverendo Gildásio Jesus Barbosa Reis, que representou o chanceler do Mackenzie, reverendo Davi Charles Gomes, agradecendo a Deus pelo momento e ressaltando a responsabilidade e o esforço de cada formando da noite. Já a paraninfa da turma, doutora em Letras Maria Helena de Moura Neves, que também era aniversariante da semana, fez seu pronunciamento aos presentes, recebendo linda homenagem da Universidade e de seus colegas.

Para acessar as fotos do evento, clique neste link. Caso queira compartilhá-las, não se esqueça dos créditos: Wilson Camargo/NTAI Mackenzie.

Excelência no Mackenzie

Os candidatos ao doutorado no Mackenzie passam por um processo seletivo cada vez mais concorrido e rigoroso que visa garantir o mais alto nível acadêmico aos doutores para que possam fazer diferença no mundo do trabalho. Como pontuou Aguiar Neto, “nossos professores são doutores com produção científica e intelectual comprovadas: que são os principais parâmetros de reconhecimento de excelência acadêmica de um programa de pós-graduação”.

Além disso, destaca ele, “oferecemos uma infraestrutura desenvolvida com todo o apoio do nosso mantenedor, o Instituto Presbiteriano Mackenzie, através da sua Diretoria Executiva e do Conselho Deliberativo. Esse conjunto de esforços faz com que nossos programas de pós-graduação tenham uma excelência acadêmica reconhecida pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)”, finalizou o reitor.

Presentes à mesa de autoridades junto a Aguiar Neto, Lopes, Reis e Maria Helena estiveram: vice-reitor Marco Tullio de Castro Vasconcelos; pró-reitor de Extensão e Educação Continuada, Jorge Alexandre Onoda Pessanha; pró-reitor da Secretaria dos Conselhos Superiores e de Controle Acadêmico, Cleverson Pereira de Almeida; e coordenadora geral de Pós-Graduação stricto sensu, Maria Cristina Triguero Veloz Teixeira.