Daniel Dias com os braços levantados, comemorando.
Atualidades

Daniel Dias alcança marca de 31 medalhas em 31 provas disputadas

Atleta patrocinado pelo Mackenzie é o maior medalhista dos Jogos Paralímpicos

29.08.201915h10 Comunicação - Marketing Mackenzie

Compartilhe nas Redes Sociais

O recordista mundial dos Jogos Paralímpicos, Daniel Dias, atleta da natação paralímpica patrocinado pelo Instituto Presbiteriano Mackenzie (IPM), voltou à piscina em Lima para a disputa dos 100m livre da classe S5 e para o revezamento 4x100m medley 34 pontos. As duas provas lhe renderam duas medalhas de ouro e ele alcançou a admirável marca de 31 medalhas em 31 provas disputadas, sendo todas de ouro.

Com 31 medalhas, Daniel Dias é o maior medalhista dos Jogos Paralímpicos, além de ser considerado referência e exemplo de superação para qualquer pessoa. 

“É uma alegria imensa chegar neste patamar. Só tenho a agradecer à Deus pelo dom que me deu, à minha família por todo apoio e compreensão nos momentos em que estive ausente competindo, à equipe multidisciplinar que me acompanha e orienta o melhor caminho, aos meus patrocinadores e a todos que torceram por mim. Os Jogos Parapan-Americanos têm seu gostinho especial sim, pois aqui podemos mostrar a força que o Brasil tem e eu tenho muito orgulho de fazer parte disso”, diz ele.

A participação no revezamento 4x100m medley 34 pontos era inesperada. Segundo o planejamento técnico inicial, Daniel nadaria os revezamentos de 20 pontos, mas aceitou a missão com muito gosto. “A comissão técnica comentou que tinham chegado a uma nova conclusão de melhor formação, então eu nadaria. Fiquei feliz pela oportunidade. Eu gosto de nadar revezamentos, pois assim posso interagir e somar mais ao grupo. A união da Seleção na prova é muito importante”, afirma o atleta.

Agora, Daniel se prepara para a disputa dos 50m borboleta de hoje e os 200m livre no dia 30 de agosto. Logo após o último dia de competição, a Seleção Brasileira já embarca para Londres, onde disputará o Mundial de Natação em busca de mais vagas para as Paralimpíadas de Tóquio 2020.