Cultura

Agradecer e celebrar: entenda o Dia de Ação de Graças

Data de tradição norte-americana de fé reformada é comemorada sempre em novembro

28.11.201911h17 Comunicação - Marketing Mackenzie

Compartilhe nas Redes Sociais

Neste dia 28 de novembro é comemorado o Dia da Ação de Graças, data originalmente comemorada pelos Estados Unidos e Canadá na quarta quinta-feira do mês de novembro, e foi em 1941 que o Congresso Americano a transformou em feriado nacional. Para explicar um pouco da data e seu valor, conversamos com o reverendo Jorge Corrêa, capelão institucional do Mackenzie, que é quem nos conduz agora por essa reflexão. Como conta o reverendo, “no Brasil, a data foi instituída através do decreto 781, de 17 de agosto de 1949, influenciados pelo Embaixador Joaquim Nabuco”.

De acordo com ele, a importância do Dia de Ação de Graças se resume “no desenvolvimento de um coração grato a Deus, que tem abençoado as pessoas e as nações, cada uma delas de forma particular e significativa”.

Para os cristãos reformados, esta data é extremamente relevante, quer seja por sua origem nas comemorações norte-americanas, ou mesmo da forma como a comemoração da data chega ao Brasil. Como explica o reverendo, esse dia é reservado para destacarmos motivos de gratidão a Deus, por tantos benefícios que Ele nos tem concedido.

“A Bíblia nos apresenta diversos momentos em que o povo deve agradecer, tais como a Páscoa dos Hebreus, instituída pela libertação do povo Hebreu da escravidão no Egito (Êxodo 12:1-28), nas festas estabelecidas em Israel (Levítico 23:1-44), quando a Arca é restaurada a Israel (2 Samuel 6:14), e etc.”, relembra Corrêa.

Além disso, destaca o reverendo, “no Novo Testamento, vamos encontrar o Cântico de Maria e o Magnificat (Evangelho de Lucas 1:40-56).  Assim, recebemos da Escritura diversos motivos de gratidão, que podemos expressar todos os dias, mas é significativo quando reservamos um dia em especial para esta finalidade”.