Através do programa de mobilidade oferecido pelo Mackenzie, foi possível realizar meu sonho de estudar Direito na Universidade de Coimbra. Durante 6 meses frequentei as aulas na universidade, aprendendo um pouco mais a respeito do Direito Português. As aulas eram divididas em duas partes: aulas teóricas e aulas práticas. Essa didática é muito interessante, pois o estudante acaba dedicando todo seu tempo aos estudos e às matérias da universidade, sendo que tudo que aprendemos nas aulas teóricas é aplicado nas aulas práticas, diferente do que acontece no Brasil. No Brasil, geralmente os estudantes de direito começam a fazer estágio muito cedo e esse estágio acaba por substituir a prática que não é dada na Universidade.

Esse tempo que passei frequentando a universidade foi muito importante na minha vida acadêmica, pois além de proporcionar uma nova didática de aprendizado e forma de estudo, também trouxe uma boa bagagem de teoria e conhecimentos que eu não tinha acesso no Brasil. Os professores foram sempre atenciosos, indicando livros e respondendo às dúvidas que surgiram no decorrer do semestre. Com os recursos bibliográficos e a ajuda de alguns professores, consegui realizar uma pesquisa, escrevendo um artigo a respeito do Princípio da Cooperação no Direito comparado entre Brasil e Portugal.

Acredito que a matéria mais relevante que tive foi Direito da União Europeia. Como no Brasil não é dada essa matéria, todo o conteúdo da disciplina era novo, assim, aprendi bastante sobre a União Europeia, o seu histórico e surgimento, bem como, as leis que envolvem todos os países europeus subordinados a seguir o Tratado da União Europeia e Tratado de Funcionamento da União Europeia.

Além da vida acadêmica, o intercâmbio me ensinou diversos valores importantes. Em Coimbra, fiz amizades verdadeiras que com certeza vou levar para o resto da minha vida. Aprendi a ser mais independente, mais forte e descobri pontos positivos e negativos em mim que não sabia. No começo foi um pouco difícil adaptar, afinal, estamos falando de um outro país, uma outra cultura, mas com o tempo foi dando certo e no fim se tornou a melhor escolha da minha vida.