2012 - Laura A.C. Pinto - Direito

Olá, Mackenzistas.

Estou em Coimbra já fazem três meses, e estou adorando. Vou falar sobre a minha experiência até agora e dar algumas dicas sobre esse intercâmbio.

Primeiramente a respeito da candidatura: quando vocês se candidatam pra faculdade de Coimbra é necessário que você já escolha as disciplinas que você pretende cursar, mas não fique muito preso a isto, aqui você tem um prazo bem grande pra fazer as mudanças necessárias e ver a matéria que mais lhe apetece, afinal às vezes você espera algo de uma disciplina e quando cursa descobre que não é nada do que esperava, portanto não é uma decisão tão rígida, pode ser feita com calma.

Depois de aprovado o problema é o visto. Bom, a respeito dos documentos necessários eles são bem tranquilos de conseguir, a minha maior dor de cabeça foi conseguir o atestado de antecedentes criminais da polícia federal, que é o que você consegue na internet porém deve ser autenticado num cartório provando que este documento é valido. Tem um perto do consulado na Avenida Brasil, que no fundo eles autenticam a respeito dos outros documentos, qualquer dúvida que tiver o consulado tira por telefone é só ter paciência que uma hora eles te atendem.  A escolha do seguro saúde deve ser decidida com muita calma e pesquisa.

Bom, chegando a Coimbra eu não indico arranjar nenhum alojamento pela internet, aqui sempre há quartos disponíveis para arrendamento, então indico que fique um tempo num albergue ou pousada da juventude para ter tempo de visitar vários lugares e decidir o lugar com um custo benefício bom. Dica: não pague pela semana nos hostels corre o risco de conseguires um sítio para ficar antes disso e eles não devolvem o dinheiro. Muitos lugares que você achar podem exigir dois alugueres no primeiro mês, que correspondem ao mês de aluguel mais uma caução. Mas se achar um lugar sem contrato pode ser melhor, você sempre estará sujeito a se arrepender, e ficar preso a contrato não facilita as coisas.

A faculdade: ela é linda, porém a burocracia é grande. A Universidade de Coimbra recebe inúmeros alunos em mobilidade e o Departamento de Relações Internacionais está sempre cheio, então sim, isto dará uma pequena dor de cabeça. A dica que eu dou é: faça exatamente o que te mandarem, leia todo papel que eles derem antes de preencher e tente fazer tudo com antecedência, pois depois pode ser mais complicado e demorado qualquer coisa que precise fazer. E boa sorte!

As aulas: Eu pensava que o português ia ser mais fácil de compreender e é, porém, não tão fácil no começo eu realmente entendia pouca coisa do que os professores falavam, mas aos poucos vai se acostumando com o sotaque, e algumas palavras mais diferentes e tal.Eu indico acompanhar as aulas com o mesmo material que o professor indicar como bibliografia, isso ajuda bastante.

Esta experiência está sendo muito boa para mim, estou aprendendo muito não só academicamente, mas pessoalmente, todos que têm esta oportunidade devem agarrá-la e fazer com que valha a pena.

Espero ter ajudado qualquer coisa é só entrarem em contato.

Laura A. C. Pinto

Laura150390@gmail.com