2017 - Marcelo Henrique da Silva Soares - Engenharia Civil

Meu nome é Marcelo Henrique, tenho 23 anos e fui para Portugal na Universidade Beira do Interior na pequena cidade de Covilhã , que fica perto da Serra da Estrela, um dos poucos lugares que neva em Portugal e que tem um sensacional queijo da serra da estrela que vale a pena conhecer.

Sobre a universidade, posso falar que tem uma excelente infraestrutura, tão boa quanto as do Mackenzie, e sobre as matérias cursadas pude ver uma clara diferença entre as matérias do Brasil e Portugal. Exemplo: uma das matérias cursadas foi “Reabilitação estrutural” que é  relativamente tudo o que você deve fazer para reabilitar um edifício mais antigo ou que sua ocupação foi alterada para outro fim, ou para aguentar esforços laterais que seriam causados por terremotos. Aqui no Brasil não temos nenhuma norma sobre isso, e para eles tem uma norma dedicada a esse assunto, o Eurocode 8.

Outra matéria que achei super interessante foi “Avaliação, Qualidade e Reabilitação de Edifícios” na qual pude aprender a determinar o valor de um imóvel e também saber classificar uma edificação que está sendo construída para determinar em que fase ela está e quanto em média de dinheiro falta para concluir a obra, entre outras matérias .

Sobre a cidade de Covilhã, chamada de cidade neve, como eu disse acima é um dos poucos lugares de Portugal que neva. É uma cidade bem simples com poucos habitantes e sem a agitação de São Paulo, em que grande parte da população da cidade é em função da Universidade e na época do inverno se volta ao turismo por causa da Serra que você pode esquiar. Com isso não faltam festas universitárias (não se preocupe de se sentir meio perdido no meio de vários portugueses, há muitos brasileiros e pessoas de vários países da Europa nessa cidade), e todas as terças e quintas tem alguma coisa para fazer na cidade.

Uma das coisas que não posso deixar de falar é sobre a ESN Covilhã, que me ajudou muito e sempre tentou integrar todos os intercambistas da melhor forma possível, promovendo jantares, festas e ações comunitárias.

Portugal é um pais extremamente agradável de se viver, com uma segurança absurdamente alta. Eu saía de casa às 3:00 da manhã e não tinha medo nenhum de ser assaltado na rua. A comidas de lá são um pouco diferentes, por exemplo carne vermelha é uma coisa muito cara lá coisa de 10 ou 13 euros o kilo enquanto carne de porco custa 3 euros o kilo. Como de tradição, os peixes são bem comuns nos pratos, principalmente o bacalhau com bastante azeite, a francesinha com bastante molho, e tomar um clássico vinho do Porto que se acha com facilidade em qualquer supermercado ou quitanda.

Qualquer dúvida pode me mandar um e-mail: marcelohss@globo.com