2015 - João Paulo Colisse - Jornalismo

Viajar para fora do Brasil foi uma ótima experiência. No começo eu estava meio nervoso, inseguro quanto a conversar com alunos de outras nacionalidades e sentia muita saudade de casa, mas com o tempo eu amadureci e fui me acostumando com as pessoas e o clima de Pittsburg. Vivendo nos EUA eu aprendi a viver fora da minha zona de conforto.

São outras pessoas de diferentes culturas, eu fui exposto a muitas opiniões diferentes. Depois dessa insegurança no começo os meus amigos começaram a me integrar na cultura deles assisti jogos de basket, futebol americano participei das festas do dia de São Patricio. O lugar se tornou uma segunda casa para mim. Eu tinha minhas rotinas, amigos e aulas.  Eu não me sentia mais como um estranho na cidade.