Compartilhe nas Redes Sociais

Etapas do Processo Seletivo

MESTRADO

PROCESSO SELETIVO STRICTO SENSU

1º SEMESTRE DE 2021

DIREITO POLÍTICO E ECONÔMICO

MESTRADO

1 ESPECIFICAÇÕES DA ENTREVISTA

Período de realização das entrevistas

Data: 26 de outubro até 30 de outubro de 2020.

1. 1. A realização da entrevista ocorrerá por vídeo conferência ou outra ferramenta on-line, em data e horário definidos pela banca de seleção do curso, de acordo com o período de realização das entrevistas previsto em edital.

1.2. Os candidatos serão devidamente comunicados via e-mail sobre a data e horário da entrevista. O agendamento da entrevista será realizado pelo Programa, via contato telefônico ou por e-mail, com a expressa ciência do candidato quanto data e horário, que deve se dar, exclusivamente, por e-mail, sendo o silêncio do candidato interpretado como expressa aceitação do dia e horário sugeridos pelo Programa.

1.3. A entrevista abrangerá avaliação da trajetória acadêmica e/ou profissional dos candidatos, bem como arguição oral de conhecimentos específicos.  Sobre esses conhecimentos serão avaliados a capacidade de compreensão da bibliografia recomendada, de expressão e o poder de síntese do candidato.

BIBLIOGRAFIA PARA AVALIAÇÃO DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS DOS CANDIDATOS AO CURSO DE MESTRADO

BERCOVICI, Gilberto. Soberania e Constituição. São Paulo, Quartier Latin, 2º ed. 2013.

BAGNOLI, Vicente. Direito Econômico e Concorrencial, 7ª edição, São Paulo: Revista dos

Tribunais, 2017.

BERTOLIN, Patrícia Tuma; SMANIO, Gianpaolo Poggio (coords.). O Direito e as Políticas Públicas

no Brasil. São Paulo: Atlas, 2013.

CARVALHO, José Murilo de. Cidadania no Brasil. São Paulo: Record, 2003.

NOHARA, Irene Patrícia. Reforma Administrativa e Burocracia: impacto da eficiência na

configuração do Direito Administrativo brasileiro. São Paulo: Atlas, 2012. 244 p.

PRADO JUNIOR, Caio. História Econômica do Brasil. Editora Brasiliense, São Paulo.

Atenção: durante a realização da entrevista não será permitido a utilização de nenhum material (livros, doutrinas, legislação).

2 - PROVA DE PROFICIÊNCIA EM LÍNGUA ESTRANGEIRA

Data: a ser definida

Local: a ser informado.

Observação: Após a inscrição, não será permitida mudança de opção da língua estrangeira.

Atenção: Será permitido o uso de um único exemplar de dicionário totalmente unilíngue convencional, não eletrônico e sem glossário com palavras em Português. Não será permitida vista de prova

OPÇÕES DE LÍNGUAS

Alemão, Francês, Inglês e Italiano.

2.1 CERTIFICADOS ACEITOS

O candidato poderá ser dispensado do exame de proficiência em língua estrangeira, caso apresente certificado em proficiência em língua estrangeira obtido em período não superior há 5 (cinco) anos do ingresso do discente no Programa, adquirido através dos seguintes testes e com as seguintes pontuações:

I - Inglês, TOEFL, com pontuação de intermediate para as provas de reading and listening, e de fair para as provas de speaking and writing (média de 65 pontos de 120); ou PET/ Cambridge (Intermediário II); ou ECCE ou ECPE/Michigan.

II - Alemão: Mittelstufeprüfung, Großes Deutches Sprachdiplom, Kleines Deutsches Sprachdiplom, do Instituto Goethe. Pontuação mínima: Aprovado.

III - Italiano: CILS. Pontuação mínima: CILS 4 (equivalente ao B2 (intermediário) na classificação européia).

IV - Francês, DELF/ A2 (intermediário) – Diplome d’Études em Langue Française (Aliança Francesa) ou TCF (Cendotec). Pontuação mínima: 500.

2.2 OBSERVAÇÕES

• Após a inscrição, não será permitida mudança de opção da língua estrangeira.

• Será permitido o uso de um único exemplar de dicionário totalmente unilíngue convencional, não eletrônico e sem glossário com palavras em Português. Não será permitida vista de prova.

3 - PRÉ-PROJETO (Documento a ser anexado na ficha de inscrição)

O projeto deve ser apresentado de maneira clara e resumida, ocupando até 10 páginas em

espaço um e meio, contendo os seguintes itens:

1) Tema;

2) Justificativa – 03 páginas;

3) Linha de Pesquisa;

4) Problematização do Tema;

5) Hipótese;

6) Objetivos Gerais e Específicos;

7) Metodologia;

8) Marco Teórico;

9) Sumario Provisorio;

10)Referências Bibliográficas.

4 – DA INSCRIÇÃO

Conforme os Arts. 8º e 11º do Regulamento Programa de Pós-Graduação em Direito Político e Econômico”.

Para o curso de Mestrado é necessário ter graduação em Direito.

5 – DEMAIS INFORMAÇÕES

Programa de Pós-Graduação em Direito Político e Econômico

Rua da Consolação, 896 – Prédio 03, subsolo

01302-907 – Consolação, São Paulo/SP

direito.pos@mackenzie.br

 

DOUTORADO

PROCESSO SELETIVO STRICTO SENSU

1º SEMESTRE DE 2021

DIREITO POLÍTICO E ECONÔMICO

DOUTORADO

1 ESPECIFICAÇÕES DA ENTREVISTA

Período de realização das entrevistas

Data: 26 de outubro até 30 de outubro de 2020.

1. 1. A realização da entrevista ocorrerá por vídeo conferência ou outra ferramenta on-line, em data e horário definidos pela banca de seleção do curso, de acordo com o período de realização das entrevistas previsto em edital.

1.2. Os candidatos serão devidamente comunicados via e-mail sobre a data e horário da entrevista. O agendamento da entrevista será realizado pelo Programa, via contato telefônico ou por e-mail, com a expressa ciência do candidato quanto data e horário, que deve se dar, exclusivamente, por e-mail, sendo o silêncio do candidato interpretado como expressa aceitação do dia e horário sugeridos pelo Programa.

1.3. A entrevista abrangerá avaliação da trajetória acadêmica e/ou profissional dos candidatos, bem como arguição oral de conhecimentos específicos.  Sobre esses conhecimentos serão avaliados a capacidade de compreensão da bibliografia recomendada, de expressão e o poder de síntese do candidato.

BIBLIOGRAFIA PARA AVALIAÇÃO DE CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS DOS CANDIDATOS AO CURSO DO DOUTORADO

BERCOVICI, Gilberto. Soberania e Constituição. São Paulo, Quartier Latin, 2º ed. 2013.

BAGNOLI, Vicente. Direito Econômico e Concorrencial, 7ª edição, São Paulo: Revista dos

Tribunais, 2017.

BERTOLIN, Patrícia Tuma; SMANIO, Gianpaolo Poggio (coords.). O Direito e as Políticas Públicas

no Brasil. São Paulo: Atlas, 2013.

CARVALHO, José Murilo de. Cidadania no Brasil. São Paulo: Record, 2003.

NOHARA, Irene Patrícia. Reforma Administrativa e Burocracia: impacto da eficiência na

configuração do Direito Administrativo brasileiro. São Paulo: Atlas, 2012. 244 p.

PRADO JUNIOR, Caio. História Econômica do Brasil. Editora Brasiliense, São Paulo.

Atenção: durante a realização da entrevista não será permitido a utilização de nenhum material (livros, doutrinas, legislação).

2 - PROVA DE PROFICIÊNCIA EM LÍNGUA ESTRANGEIRA

Data: a ser definida

Local: a ser informado.

Observação: Após a inscrição, não será permitida mudança de opção da língua estrangeira.

Atenção: Será permitido o uso de um único exemplar de dicionário totalmente unilíngue convencional, não eletrônico e sem glossário com palavras em Português. Não será permitida vista de prova

OPÇÕES DE LÍNGUAS

Alemão, Francês, Inglês e Italiano.

2.1 CERTIFICADOS ACEITOS

O candidato poderá ser dispensado do exame de proficiência em língua estrangeira, caso apresente certificado em proficiência em língua estrangeira obtido em período não superior há 5 (cinco) anos do ingresso do discente no Programa, adquirido através dos seguintes testes e com as seguintes pontuações:

I - Inglês, TOEFL, com pontuação de intermediate para as provas de reading and listening, e de fair para as provas de speaking and writing (média de 65 pontos de 120); ou PET/ Cambridge (Intermediário II); ou ECCE ou ECPE/Michigan.

II - Alemão: Mittelstufeprüfung, Großes Deutches Sprachdiplom, Kleines Deutsches Sprachdiplom, do Instituto Goethe. Pontuação mínima: Aprovado.

III - Italiano: CILS. Pontuação mínima: CILS 4 (equivalente ao B2 (intermediário) na classificação européia).

IV - Francês, DELF/ A2 (intermediário) – Diplome d’Études em Langue Française (Aliança Francesa) ou TCF (Cendotec). Pontuação mínima: 500.

2.2 OBSERVAÇÕES

• Após a inscrição, não será permitida mudança de opção da língua estrangeira.

• Será permitido o uso de um único exemplar de dicionário totalmente unilíngue convencional, não eletrônico e sem glossário com palavras em Português. Não será permitida vista de prova.

3 - PRÉ-PROJETO (Documento a ser anexado na ficha de inscrição)

O projeto deve ser apresentado de maneira clara e resumida, ocupando até 10 páginas em

espaço um e meio, contendo os seguintes itens:

1) Tema;

2) Justificativa – 03 páginas;

3) Linha de Pesquisa;

4) Problematização do Tema;

5) Hipótese;

6) Objetivos Gerais e Específicos;

7) Metodologia;

8) Marco Teórico;

9) Sumario Provisorio;

10)Referências Bibliográficas.

4 – DA INSCRIÇÃO

Conforme os Arts. 8º e 11º do Regulamento Programa de Pós-Graduação em Direito Político e Econômico”.

Para o curso de Doutorado é necessário ter Mestrado em Direito.

5 – DEMAIS INFORMAÇÕES

Programa de Pós-Graduação em Direito Político e Econômico

Rua da Consolação, 896 – Prédio 03, subsolo

01302-907 – Consolação, São Paulo/SP

direito.pos@mackenzie.br