Compartilhe nas Redes Sociais
Modalidade Presencial

Na modalidade Presencial, o grande diferencial é a presença física de todos os sujeitos envolvidos no processo educacional.

Com isso, a modalidade traz como benefícios:

• O mecanismo de aprendizagem conta com a interação ao longo das aulas, antes, no intervalo e depois delas, gerando uma presença ainda maior dos docentes no dia a dia dos alunos;
• É o modelo ideal para quem não tem problema de deslocamento físico até o campus e quer ter níveis máximos de contato e network com colegas e professores.

Objetivo do Curso

Formar profissionais com sólidos conhecimentos práticos-teóricos na área de engenharia da qualidade e produtividade, os quais terão a capacidade de atuar como líderes de projetos de melhoria que tragam aumento de eficiência e vantagens competitivas para empresas da área de manufatura e serviços. O curso é focado na formação de líderes de projetos de melhoria Lean Six Sigma nas áreas de manufatura (Lean Manufacturing), serviço (Lean Service), saúde (Lean Healthcare), Construção Civil (Lean Construction) e sustentabilidade (Lean and Green).

Público-Alvo

Profissionais em nível sênior e gerencial que atuam na gestão de projetos Lean Six Sigma nas áreas de manufatura, serviço, saúde e construção civil. Profissionais que buscam tornarem-se líderes de projetos Lean Six Sigma ou implementar essa metodologia em suas organizações.

Diferenciais

  • Aborda a aplicação da metodologia Lean Six Sigma nas mais diversas áreas de aplicação; 
  • Na conclusão do curso, o aluno deverá desenvolver, individualmente, um projeto denominado Lean Six Sigma que irá explorar uma das áreas de abrangência do curso: Lean Manufacturing, Lean Service, Lean Construction, Lean Healthcare e Lean and Green; 
  • O referido projeto resultará em um projeto teórico-prático de melhoria de qualidade e produtividade com resultados efetivos em um caso real.

Observação importante

Segundo edital permanente do processo de matrícula em cursos de Pós-graduação Lato Sensu Especialização da UPM, em cumprimento ao estabelecido no artigo 44 da LDB Lei 9.394, de 20 de dezembro de 1996, fica vetada a matrícula de candidatos egressos de cursos sequenciais ou de formação específica.