Cultura

“Um Grito de Paz” pelo Natal

Cantata organizada pelo Mackenzie reúne autoridades e comunidade em Campinas

28.11.201816h22 Comunicação - Marketing Mackenzie

Compartilhe nas Redes Sociais

Cantata organizada pelo Mackenzie reúne autoridades e comunidade em Campinas

Na cidade de Campinas (SP), em noite de clima ameno e agradável, com céu limpo e uma brisa fresca, as escadarias do prédio – que é tombado pelo patrimônio histórico – do Seminário Presbiteriano se encheram de cores e sons com a Orquestra Filarmônica do Nazareno e cerca de 300 vozes de diversos corais do local e de cidades vizinhas que entoaram canções que abriram oficialmente o calendário de celebrações natalinas do município.

Organizado pela Universidade Presbiteriana Mackenzie (UPM) Campinas com apoio da Prefeitura da cidade e participação de vários corais de igrejas cristãs, o evento Natal, Um Grito de Paz, ocorreu em 26 de novembro, e dominou o pátio do campus mackenzista e as ruas do entorno com homens, mulheres e crianças que se reuniram para acompanhar a apresentação especial.

Alexandre Antunes, capelão da UPM e organizador do evento, conta que o nome se deve a um conceito bíblico no qual paz não é necessariamente a ausência total de conflito, mas sim estar desfrutando e se deleitando da presença de Deus, mesmo que seja em meio ao conflito. “No fundo, é um resgate: é relembrar à população brasileira da verdadeira mensagem do Natal, tendo em vista que a sociedade se vê em volta de tantos dilemas sociais, éticos, morais, religiosos. É trazer aos corações a mensagem da esperança”, diz ele.

Para José Inácio Ramos, presidente do Instituto Presbiteriano Mackenzie (IPM), a iniciativa, com apoio constante do prefeito Jonas Donizette Ferreira e de sua primeira-dama, Sandra Ciocci, que inclusive é musicista, tem feito com que o Mackenzie se firme ainda mais na cidade, não apenas como instituição de ensino, mas uma instituição de inclusão.

“Inclusão no sentido cultural e também religioso. Com a proximidade do Natal, estamos apresentando à cidade músicas de qualidade, bem executadas, muito bem regidas e fazendo com que o Mackenzie, além do seu já consagrado aspecto educacional, também se faça presente em eventos da cidade, não se isolando das comunidades onde atua, mas sim estabelecendo parceria com as entidades constituídas”, pontua Ramos.

Segundo Benedito Guimarães Aguiar Neto, reitor da UPM, para o Mackenzie, a cantata de Natal significa a reunião para celebrar a data mais importante no ano. “Também é um presente que nós damos à cidade de Campinas, realizando esse belíssimo concerto, envolvendo a própria comunidade da cidade. Assim, nos sentimos muito gratificados e abençoados por poder realizar a sexta edição do Um Grito de Paz”.

Gilson Alberto Novaes, diretor do Centro de Ciências e Tecnologia (CCT) da UPM Campinas, afirma que o projeto começou há seis anos. “De maneira despretensiosa, ali nas sacadas do prédio novo da nossa Universidade. Depois acabou ganhando corpo e virou uma tradição da cidade. Neste que é o sexto ano, descobrimos que a escadaria do seminário seria um bom local para acomodar o coral e foi um sucesso total”, completa.

A cantata

A apresentação contou com regência de Parcival Modolo e Wanilton Mahfuz, com participação e preparação técnica de outros três regentes: Danilo Demori, Laura Aimbiré e Suzana Cabral. O repertório teve canções como Poutpouri de Natal, Glória, Fanfarra for a Christmas Day, O Natal é tempo de amar, Noite de paz, entre outras.

CulturaReitoriaChancelariaInstitutoUniversidadeDestaque