Esporte

Time de futsal do Mackenzie encara Palmeiras em jogo festivo

Partida marcou encerramento das competições da LERCOM

20.12.201910h01 Comunicação - Marketing Mackenzie

Compartilhe nas Redes Sociais

O time formado por colaboradores do Instituto Presbiteriano Mackenzie (IPM) jogou partida amistosa nesta quinta-feira, 19 de dezembro, contra o Palmeiras, no prédio 48 dos campus Higienópolis. O duelo de futsal, que marcou o encerramento da competição interna entre os funcionários do IPM, terminou 2 a 1 para o Mackenzie. A vitória veio nos minutos finais e a partida foi bastante disputada.

Antes do jogo, o clima era de expectativa entre os atletas mackenzistas. “Nossa expectativa é a melhor possível. Selecionamos os melhores jogadores do campeonato e queremos a vitória”, disse o técnico do combinado, Rafael de Souza. Nem o clima festivo tiraria a concentração dos atletas do Mackenzie. “Vamos ver as condições físicas do nosso time, tentar entrosar rápido dentro da quadra e vamos jogar para festejar e conquistar a vitória”, disse o goleiro do time, Cesar Mariano.

Já o time alviverde foi representado pelo ex-jogador Wendel, que defendeu o time profissional palestrino entre os anos 2003 e 2004. “Estamos aqui com alegria, e é uma interação, uma oportunidade para que tenhamos um final de ano com alegria, paz e amor”, declarou o esportista. Além de Wendel, o time visitante foi formado por colegas de faculdade do ex-jogador, que foi o responsável por reunir o combinado palmeirense.

“Esse jogo é uma coroação do campeonato, que foi disciplinado e bem disputado”, disse o , presidente da Liga Esportiva e Recreativa dos Colaboradores do Mackenzie (LERCOM), reverendo Jorge Correa dos Santos Filho, capelão institucional do Mackenzie. O amistoso foi acompanhado por diversos colegas e familiares dos jogadores, que assistiram o confronto em uma arquibancada improvisada na beira da quadra.

O jogo

A partida começou bastante disputada, com os dois times se doando ao máximo dentro de quadra. Apesar disto, o combinado mackenzista foi superior nos minutos iniciais, com pelo menos três jogadas perigosas, que não se converteram em gol graças ao trabalho de Mauro, goleiro palmeirense. Após o susto inicial, o Palmeiras conseguiu equilibrar e o duelo ficou mais pegado.

Faltando quatro minutos para acabar o primeiro tempo, Alexandre da Conceição, camisa 7 do Mackenzie, fez uma das melhores jogadas da partida. Após driblar o marcador adversário, atleta do escrete mackenzista chutou forte e carimbou a trave adversária.

Apesar disto, quem abriu o marcador foi o Palmeiras, com o gol de Vinícius, aos 16 do primeiro tempo.

No segundo tempo, com a necessidade de tirar a diferença no marcador, o Mackenzie começou um pouco nervoso e deu chances para o time palmeirense ampliar. Vendo que o time estava desconcentrado, o técnico Rafael de Souza promoveu mudanças no time, que surtiram efeito: os colaboradores do Mackenzie chegaram com perigo no ataque, após bela tabela de seus atacantes, e só não empatou a partida por conta do goleiro Mauro.

O gol de empate do Mackenzie saiu aos 8 minutos do segundo tempo. Após cobrança de falta, a bola desviou na barreira. O camisa 23, Luiz Sebastião aproveitou a sobra e bateu por cima do goleiro, que ainda conseguiu tocar a bola antes dela ir parar no fundo da rede. 1 a 1 no campus Higienópolis.

Com o jogo empatado, a equipe mackenzista trocava bons passes e tentava furar a forte marcação alviverde. Faltando dois minutos para o confronto acabar, da arquibancada ouviam-se gritos de “olé”.

Neste momento do jogo, o Mackenzie conseguiu uma falta na intermediária, aos 18 minutos do segundo tempo. Na cobrança, a bola foi rolada para Alexandre, que chutou forte e marcou o gol da vitória mackenzista: 2 a 1 no placar.

Antes do fim do jogo, ainda haveria momentos de grande emoção. Marco Felipe, do Mackenzie foi expulso, com menos de 20 segundos no cronômetro. Com um a mais, o Palmeiras foi para cima e só não empatou o jogo, porque a defesa mackenzista tirou a bola em cima da linha. 

“Muito bom ganhar, é muito legal e satisfatório”, afirmou o autor do gol da vitória, Alexandre da Conceição. Corinthiano, o colaborador da manutenção festejou ainda mais a conquista sobre o Palmeiras. “A rivalidade é legal, foi muito bom, e agora é contar história para os amigos”, encerrou.

Competição

Além de marcar o encerramento do Campeonato de Futsal do colaboradores do Mackenzie, a partida também serviu para entrega dos prêmios das disputas de Vôlei e queimada. “O balanço é muito positivo, pois vemos nossos colaboradores desenvolvendo não só na competição esportiva, mas também na integração uns com os outros”, disse o reverendo Jorge Correa. Ao final do jogo, um churrasco encerrou a confraternização.  

A equipe formada pelos funcionários da manutenção do IPM, foi a grande campeã do torneio de futsal. Os vitoriosos receberam o troféu do ex-jogador Wendel e fizeram a festa no campus Higienópolis. O time da Gerti ficou em segundo lugar e o time da Itacolomi ficou com a medalha de bronze.

Além dos vitoriosos no futsal, a confraternização ainda premiou os participantes da disputa de vôlei e queimada. As disputas destes dois esportes aconteceram pela primeira vez em 2019 no IPM.