Atualidades

Recepção Solidária: seja bem-vindo, calouro!

Evento direcionado aos novos mackenzistas apresenta a Universidade

30.07.201818h59 Comunicação - Marketing Mackenzie

Compartilhe nas Redes Sociais

Começou o segundo semestre de 2018 e com ele chegaram os calouros. Para recepcionar os novos alunos da Universidade Presbiteriana Mackenzie (UPM), o Auditório Ruy Barbosa e o campus Higienópolis, em São Paulo, são palco de diversas atividades de boas-vindas.

O evento ocorreu nos dias 28, 30, 31 de julho e 01 de agosto, recebendo os pais, responsáveis e os alunos ingressantes. Os primeiros tiveram a oportunidade de conhecer mais sobre o Instituto Presbiteriano Mackenzie (IPM) e sobre a UPM, esclarecendo dúvidas e outras questões. Já os calouros foram recebidos com muitas informações e música, com repertório por conta da banda “Mack Core”, formada por professores da nossa casa.

Bate-papo com os ingressantes

O famoso bate-papo entre o chanceler, reverendo Davi Charles Gomes, e o reitor, Benedito Guimarães Aguiar Neto, também aconteceu no auditório, momento em que os novos mackenzistas puderam conhecer mais sobre a identidade e a história do Mackenzie.

Um dos pontos citados por Aguiar Neto foi a importância da pesquisa no mundo acadêmico. Segundo ele, “as disciplinas da grade curricular reformulada da graduação devem estar conectadas com a pesquisa, e por isso a UPM e seus professores incentivam a participação dos alunos nessas iniciações, que complementam sua formação e estimulam o protagonismo estudantil”.

A professora Maria Lage, coordenadora da Cooperação Internacional e Interinstitucional (COI), falou sobre a oportunidade dos ingressantes realizarem mobilidade acadêmica para agregar cultura e conhecimento. “Saibam que vocês entraram na universidade não pública mais internacionalizada do país. Nossos alunos têm muitas oportunidades e programas para realizarem intercâmbios rápidos, como cursos de verão, ou mesmo outros de maior duração. Além disso, recebemos professores e alunos de outros países frequentemente, ampliando o intercâmbio cultural e acadêmico”, enfatiza ela.

O evento foi também uma oportunidade para arrecadar alimentos não-perecíveis que serão doados à Associação Evangélica Brasileira (AEB), em comemoração a seus 90 anos.

Calouros

Não dá para esquecer o primeiro contato com o lugar que você vai passar os próximos anos de sua vida e os rostos curiosos que caminhavam pelo campus demonstravam essa ansiedade e expectativa. Ao canto, três meninas conversavam, todas calouras do curso de Engenharia Civil.

Isabella Pires, de apenas 17 anos, já conhecia parte do Mackenzie, em especial o campus Higienópolis, conhecido por seus prédios tombados, que chamaram a atenção da caloura. “É maravilhoso, um paraíso desses no meio de Higienópolis”, conta aos risos.

A infraestrutura da UPM e o reconhecimento da qualidade do curso também foram citados na conversa. Karen Lunay, por exemplo, conta que escolheu o Mackenzie pela tradição e Clarice Lourenço elogia o índice de empregabilidade dos profissionais formados pela universidade.

As novas alunas estão ansiosas para montar maquetes, participar das aulas práticas e conhecer os laboratórios. Ao serem questionadas sobre qual tipo de mackenzista elas seriam, responderam sem pestanejar: “ansiosas!”.