Esporte

Nado Artístico do Mackenzie participam de seletiva virtual para torneio internacional

Com treinamento continuado durante o período de isolamento, atletas chegam afiadas para seleção em formato que atende às orientações da (OMS)

11.06.202013h00 Comunicação - Marketing Mackenzie

Compartilhe nas Redes Sociais

Nado Artístico do Mackenzie participam de seletiva virtual para torneio internacional

As atletas da equipe de Nado Artístico do Colégio Presbiteriano Mackenzie Brasília Internacional (CPMB) Ana Clara Machado (1ª série), Alice Tenório (9º ano) e Sofia Franco Jibran Hsieh (5º ano), participarão nesta quinta-feira, dia 11, da seletiva virtual da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CDBA) para a 1ª Competição Online da União Americana de Natação (UANA) de Nado Artístico. O formato inédito foi escolhido devido ao isolamento social provocado pelo coronavírus, recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS). 

“Achei a iniciativa super legal tendo em vista o momento atual, especificamente para o mundo esportivo, no qual os atletas precisam continuar treinando para não perderem todo trabalho realizado anteriormente e mais importante para se manterem motivados e engajados dentro do esporte”, explicou Simone Formiga, técnica da equipe Mackenzista. 

A seletiva funcionará da seguinte maneira: a CBDA disponibilizará um link para a plataforma Zoom, no site da confederação, no qual juízes brasileiros e o atual preparador físico das seleções Júnior e Sênior farão a avaliação de acordo com os critérios e regras divulgados pela UANA. Os critérios da seletiva, assim como número de atletas por categoria, informações, protocolos, tempos de habilidades e exemplos de vídeos estão disponíveis no site da CBDA. A disputa começará às 10h.

“Acho uma oportunidade importante pra gente que nunca parou de treinar mesmo nosso esporte sendo dentro da água”, explicou Alice, que estará na categoria juvenil. “Esperamos que estejamos calmas para conseguirmos realizar nosso melhor. Os resultados são apenas consequências. O mais importante é a oportunidade de podermos competir mesmo de forma on-line”, completou. Ana e Sofia estarão nas categorias Juvenil e Infantil, respectivamente. 

De acordo com Simone Formiga, os treinamentos nunca foram interrompidos, mesmo sem a água e sem as reuniões nos treinos. “Adaptamos os treinamentos, continuamos aperfeiçoando flexibilidade, força, resistência e o cardiovascular”, acrescentou.

De acordo com o supervisor de Nado Artístico da CBDA, Maurício Pradal, a seletiva será um desafio e destacou o “novo normal” ocasionado pela pandemia da covid-19. "Quem poderia imaginar o Nado Artístico competindo fora da água? A UANA imaginou e agiu. Isso nos impulsionou ainda mais neste momento tão difícil de isolamento social, por causa da pandemia mundial da covid-19. Essa seletiva on-line vai movimentar o Nado Artístico brasileiro e espero que seja, acima de tudo, divertido para todos os envolvidos”, disse.