Eventos

Mostra do Conhecimento colabora com escolha de profissões

Ensino Médio participa do projeto anual do Colégio Presbiteriano Mackenzie

19.10.201817h56 Comunicação - Marketing Mackenzie

Compartilhe nas Redes Sociais

Ensino Médio participa do projeto anual do Colégio Presbiteriano Mackenzie

Neste sábado, 20 de outubro, acontece no campus Higienópolis Mackenzie a Mostra de Conhecimento, projeto anual do Colégio Presbiteriano Mackenzie (CPM), filiado à Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO). Com o tema A Conquista dos Direitos e o Dever de ser Humano, além de outras séries, a Mostra envolve 284 alunos dos 1º e 2º anos do Ensino Médio do CPM.

A partir do tema geral, os professores indicaram aos alunos os cinco eixos propostos pela UNESCO para a elaboração dos trabalhos que vão ser expostos no dia da Mostra. São eles: Objetivos de desenvolvimento sustentável Rumo a 2030, Educação para mudança climática, Década internacional de afrodescendentes (2015-2024), Direitos Humanos e Educação para a cidadania global.

Com a época do vestibular cada vez mais próxima, o envolvimento dos alunos com um projeto de diferentes vertentes é de real importância para a escolha da carreira. Como Rogério Tognetti, orientador Pedagógico do Ensino Médio, explica, “trabalhar com diferentes vertentes faz com que o leque de opções de carreiras seja muito maior do que seria possível apenas dentro do processo acadêmico convencional. Eles se aprofundam em determinadas carreiras após a finalização dos trabalhos da Mostra”.

No projeto, o protagonismo estudantil é incentivado durante todo o processo, já que os professores têm o papel de orientadores, enquanto os alunos executam na prática as atividades. “Este ano, muitos grupos trabalharam com situações e problemas na procura de soluções para melhoria de toda a sociedade. Acreditamos que esse envolvimento contribua para um aluno mais protagonista de diversas formas”, conta o professor.

Alguns projetos foram destacados por Tognetti, como: O direito à cidade para pessoas com diversidades físicas; O ambiente no meio urbano – mais concreto e menos verde; Horta inteligente: princípios e aplicações de IoT e engenharia robótica; e A substituição da relação ‘Eu-Isso’ pela relação ‘Eu-Tu’.

Segundo o orientador Pedagógico, o desenvolvimento de um projeto acadêmico com o envolvimento dos alunos em diversas áreas do conhecimento gera estudantes/profissionais mais autônomos, pesquisadores protagonistas com uma melhor oratória e conscientes de problemas sociais.

EventosNossos TalentosColégiosDestaque