Nossos Talentos

Melhores escritórios de advocacia do país são chefiados por mackenzistas

Levantamento indica onde estudaram os proprietários das mais renomadas repartições de advogados 

23.01.202010h57 Comunicação - Marketing Mackenzie

Compartilhe nas Redes Sociais

Uma pesquisa feita em 2019 mostrou que 11% dos melhores escritórios de advocacia do país são geridos por antigos alunos da Universidade Presbiteriana Mackenzie (UPM). O índice, que coloca a instituição entre as mais renomadas no ambiente profissional, analisou 500 repartições privadas em todo o Brasil. 

O levantamento foi feito pela Análise Editorial e publicado no Anuário Análise Advocacia 500, em dezembro de 2019. Enquanto a UPM aparece em primeiro lugar como instituição em que os advogados cursaram a graduação, a PUC-SP aparece na segunda colocação, com 10%, e a USP, em terceiro, com 7%.

No ranking com instituições nas quais os proprietários fizeram Especialização, a UPM aparece na quarta colocação com 3% dos escritórios, empatada com outras três instituições. No quesito Mestrado, a UPM foi mencionada por 2% dos profissionais. 

“A publicação confirma o acerto do modelo e da história da UPM. É um selo de garantia do trabalho desenvolvido, a perspectiva real e numérica de um futuro profissional brilhante que esperamos para todos os nossos alunos”, disse o diretor da Faculdade de Direito (FDir), Felipe Chiarello, ao comemorar a posição da instituição no ranking.