Atualidades

Mackenzistas seguirão estudos de maneira remota

Mensagem do presidente do Mackenzie incentiva alunos e colaboradores

20.03.202019h28 Comunicação - Marketing Mackenzie

Compartilhe nas Redes Sociais

As aulas presenciais nos Colégios, Faculdades e Universidade mantidos pelo Instituto Presbiteriano Mackenzie (IPM) estão suspensas por conta da situação atual enfrentada pelo Brasil e pelo mundo em relação ao coronavírus (covid-19). O IPM e suas mantidas estão atuando intensamente para que a saúde e bem-estar de seus alunos e colaboradores seja preservada. Ao mesmo tempo, de acordo com José Inácio Ramos, presidente do IPM, “a formação de nossos estudantes também é nossa prioridade e, portanto, o trabalho não pode parar em relação aos conteúdos”, afirma.

Ramos gravou um vídeo no qual convoca e incentiva a comunidade mackenzista a se manter firme e positiva, na certeza de que o Mackenzie está fazendo uso das tecnologias, plataformas e recursos disponíveis para que o calendário de conteúdos programados para este ano seja mantido e cumprido com excelência. “As dificuldades precisam ser vencidas e vamos continuar em frente, confiantes em Deus e trabalhando pela nossa sociedade e pelo país”, pontua ele.

Em decisão divulgada ontem, o IPM e suas mantidas terão afastamento das atividades acadêmicas presenciais até o dia 18 de abril. No entanto, as plataformas digitais já utilizadas e outras que puderem prestar auxílio, seguirão permitindo que os estudos sigam conforme o planejado.

Confira a mensagem do presidente José Inácio Ramos a todos os mackenzistas e fiquem atentos para mais informações.

Sobre a suspensão das atividades presenciais

A medida é preventiva e atende a decretos federais e estaduais que determinam outras modalidades para que os alunos e professores deem continuidade aos conteúdos programados para as aulas.

Ao longo dessa semana de 20 de março, o governo de São Paulo divulgou uma norma que suspendeu o ensino presencial no estado, como forma de evitar o aumento da transmissão do covid-19. Por conta deste cenário e visando o bem-estar de seus alunos e colaboradores, a instituição optou por suspender as aulas presenciais e mantê-las em outras plataformas de ensino remoto.