Saúde e Bem-Estar

Mackenzie cria “Projeto Saúde do Professor em Ensino Remoto”

Programa é direcionado aos docentes da Universidade

02.09.202014h34 Comunicação - Marketing Mackenzie

Compartilhe nas Redes Sociais

A partir deste mês de setembro, a Pró-Reitoria de Graduação (PRGA) da Universidade Presbiteriana Mackenzie (UPM), em parceria com o Programa QualiMack, do Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS) da UPM, oferecerá a todos os docentes da Universidade, campi Alphaville, Campinas e Higienópolis, a oportunidade de participar do “Projeto Saúde do Professor em Ensino Remoto: Mudanças que vieram para ficar?”. Essa é mais uma forma do Mackenzie cuidar de sua comunidade nesse período difícil que vivemos, atento ao contexto da sociedade.

Desde março deste ano, as instituições de ensino foram fechadas para conter a disseminação do novo coronavírus e respeitar as medidas de isolamento social. Com isso, o processo de ensino-aprendizagem teve de ser adaptado ao formato on-line e, assim como os alunos, os profissionais da área da educação passaram por mudanças e adaptações, inclusive em suas vidas pessoais. Por isso, o objetivo do projeto é propor atividades para todos os professores da instituição, com reflexões sobre a saúde e estilo de vida que foram desencadeados após a pandemia da covid-19.

Serão oferecidas oficinas baseadas em rodas de conversa, ministradas por professores membros do Programa, com objetivo de discutir e orientar, dentro das possibilidades individuais, temas voltados a mudanças de comportamento e impactos sobre o bem-estar e saúde no ambiente doméstico, com os seguintes temas: Vivendo em distanciamento social: o que perdemos na pandemia? O que o isolamento nos ensinou?; O trabalho remoto: adequações ergonômicas e cuidados posturais; A gastronomia como elemento chave na saúde e bem-estar durante a pandemia; e Hábitos alimentares aliados ao enfrentamento da pandemia. 

Além disso, nossos docentes terão acesso a atividades físicas orientadas por profissional de Educação Física, técnico do Programa, além de orientações fisioterapêuticas, com professores do Curso de Fisioterapia, destinadas a alongamento, fortalecimento e relaxamento muscular voltados para alívio das dores e tensões no trabalho remoto.

O projeto acontece de setembro a novembro. Todos os professores da UPM serão convidados por comunicado interno e devem seguir as orientações para se inscreverem. Gostou da novidade? Então fique ligado(a) e cuide da sua saúde!