Placa em aço como o nome do Núcleo
Atualidades

Mackenzie Campinas Inaugura Núcleo de Solução de Disputas

Evento faz parte das celebrações dos três anos do Centro de Ciências e Tecnologia da Universidade

26.09.201920h50 Comunicação - Marketing Mackenzie

Compartilhe nas Redes Sociais

Na noite de quarta-feira, 25 de setembro, foi inaugurado o Núcleo Mackenzie de Solução de Disputas (Mack Resolve), no Centro de Ciências e Tecnologia (CCT) da Universidade Presbiteriana Mackenzie (UPM), campus Campinas. A cerimônia contou com a presença de autoridades mackenzistas e públicas, a exemplo de Jonas Donizette, prefeito da cidade, que compôs a mesa e prestigiou o evento que marca as comemorações do aniversário de três anos da criação do CCT.

José Inácio Ramos, presidente do Instituto Presbiteriano Mackenzie (IPM); José Francisco Hintze Júnior, diretor de Desenvolvimento Humano e Infraestrutura (DESIN) do IPM; José Paulo, diretor de Finanças e Suprimentos (DIFIS) do IPM; Benedito Guimarães Aguiar Neto, reitor da UPM; Gilson Alberto Novaes, diretor do CCT; professora Alessandra Benedito, coordenadora do curso de Direito do CCT; e o reverendo Alexandre Antunes Pereira Santos, capelão universitário, compuseram a mesa de autoridades ao lado do prefeito de Campinas.

“O Mackenzie hoje inaugura algo que está marcado na sua história: a busca da paz genuína, através do ensino. Que as pessoas que ali entrarem encontrem a verdadeira paz”, declarou o capelão logo ao início da noite.

Inauguração Mack Resolve

Donizette cumprimentou o CCT pelo aniversário de três anos e comemorou a abertura do novo Núcleo, que ressalta ser tão necessário para se buscar a paz nas relações. “Eu que estou na vida pública há muitos anos, entendo o quanto as pessoas arrumam conflito por praticamente tudo e fico muito contente pelo Mackenzie inaugurar este Núcleo. Fico feliz pela cidade e pelo Mackenzie, pois sei que isso enriquece o currículo de Direito Universidade”, afirma o prefeito.

Para o diretor do Centro de Ciências e Tecnologia, o novo Núcleo vai permitir que a Universidade atue ainda mais na sociedade de Campinas, “aplicando as mais avançadas práticas da resolução de conflitos do mundo, e por meio de um trabalho orientado no qual os nossos alunos vão se engrandecer ainda mais”, destaca Novaes.

Aguiar Neto aproveitou a ocasião e agradeceu ao IPM, os diretores e ao presidente por acreditarem no projeto desde o início. “Fico feliz que estejamos comemorando o aniversário do CCT já com um grande projeto, no qual podemos praticar a arbitragem, mediação e que será um grande laboratório aos nossos alunos e que estará à disposição da sociedade campineira, incluindo em especial o empresariado”, pontua.

“Nossa função é prover às nossas mantidas os recursos necessários para que possam exercer com excelência o que fazemos de melhor, que é a educação de qualidade e o apoio às comunidades nas quais estamos inseridos. O Mackenzie não tem razão de existir se suas ações não forem benéficas à sociedade e por isso o aniversário do CCT junto à inauguração do Mack Resolve vem consolidar isso”, assinala o presidente do IPM com alegria.

A professora Alessandra agradeceu às autoridades por terem tornado este dia possível, bem como ressaltou o esforço e empenho dos professores e dedicação ao novo Núcleo. “Com orgulho e honra em sermos mackenzistas, formamos profissionais competentes que abrilhantam as instituições em que atuam. Nesta noite, temos a oportunidade de inovar e materializar a união da teoria e prática, estreitando laços entre Universidade e comunidade. É do Direito buscar a justiça e diminuição de conflitos, estamos nesse caminho para contribuir o quanto pudermos”, conclui a coordenadora.

Sobre o Núcleo

O professor do curso de Direito, Raul Mariano Jr., um dos idealizadores do Núcleo Mackenzie de Solução de Disputas, explica que o Mack Resolve é a realização de um sonho. “A tentativa de buscar a pacificação apenas pelo processo se mostrou ineficiente ao longo dos anos, com demonstrações da economia, sociologia e psicologia. Olhar para o conflito apenas pelo aspecto jurídico é muito pouco e, portanto, devemos investir na interdisciplinaridade”, explica Mariano.

De acordo com ele, o Direito deu um passo à frente quando passou a se preocupar com quem está nos bastidores dos processos, ou seja, as pessoas, os contextos e etc., buscando uma forma mais justa, mais simples e mais barata para resolver conflitos. “Trabalhamos mediação em diversas matérias do Direito atualmente e não apenas em disputas. Pensando em como a sociedade pode ser mais pacífica, essa é a concretização do Núcleo, que vai trabalhar não só na resolução do conflito como também na prevenção”, complementa Mariano.

Ele destaca que o Mack Resolve terá atendimento à sociedade, possibilitando exercício real para alunos e também incentivando a pesquisa por meio de casos. “Expoentes saíram do Mackenzie, expoentes continuarão a sair daqui! E queremos capacitar até mesmo profissionais de outras áreas em resolução de conflitos”, enfatiza.

Aniversário do CCT

Novaes conta que o Centro, que comemora três anos em setembro, surgiu como uma nova unidade da UPM por um entendimento de Aguiar Neto em que havia uma dificuldade em cada um dos cursos de Campinas em se reportarem às suas sedes em São Paulo. “Nosso reitor entendeu que seria salutar criar esta nona unidade acadêmica para agregar todos os cursos que aqui estavam: Administração, Direito, Engenharia Civil e de Produção para uma melhor gestão. Assim se formou o Centro de Ciências e Tecnologia que hoje dirijo como unidade acadêmica, sendo também o gerente geral do campus”, explana Novaes.

Aguiar Neto também celebra o aniversário, adicionando que houve maior harmonia entre os cursos depois da criação da unidade acadêmica, com ganhos significativos, sobretudo no avanço da interdisciplinaridade. “Pois faz parte de nossa política institucional que tenhamos trabalhos conjuntos, na medida do possível, entre as diversas áreas do conhecimento. A criação do CCT contribuiu muito para isso, além da maior integração e entusiasmo dos professores, que se sentem mais parte de um mesmo organismo administrativo”, assinala o reitor da UPM.

Além das autoridades já citadas, prestigiaram o início das celebrações: Sandra Ciocci Ferreira, primeira-dama da cidade de Campinas; Alexandre Ramos, representante da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP); Rosani de Faria Novaes, professora do CCT e esposa do diretor da unidade; e outras figuras públicas.

As comemorações pelo aniversário do CCT seguem até 17 de outubro com extensa programação, confira:

Evento

Data

Horário

Inscrições

Observação

Palestra Governança e Corrupção, proferida pelo Advogado-Geral da União, André Luiz de

Almeida Mendonça

26 de setembro

19h

Inscrições disponíveis em bit.ly/palestragoverno

 

I Seminário Brasileiro de infraestrutura e Energia

1º, 2 3 de outubro

19h

Inscrições disponíveis em

bit.ly/

mackenzieinfraestrutura

 

Palestra Litigando contra Donald Trump: ordens judiciais nacionais contra o Poder Executivo. Doug Rendleman, professor da Washington & Lee University e advogado perante a Suprema Corte dos Estados Unidos.

2 de outubro

9h

 

 

Inscrições disponíveis em bit.ly/rendleman

 

 

 

Haverá tradução para o português

Palestra A Teoria do Design Inteligente, com o professor Michael Behe, da Universidade Lehigh, maior especialista do mundo nessa teoria.

17 de outubro

19h

Não há

Apresentação do

Prof. Dr. Marcos Eberlin