Esporte

Jogos Parapan-Americanos encerram com invencibilidade de Daniel Dias

Nadador conquistou seis ouros e terminou a competição com 100% de aproveitamento

02.09.201914h54 Comunicação - Marketing Mackenzie

Compartilhe nas Redes Sociais

O atleta da natação, Daniel Dias, patrocinado pelo Instituto Presbiteriano Mackenzie (IPM), encerrou na última sexta-feira, 30 de agosto, a participação no Jogos Parapan-Americanos 2019, disputados em Lima, no Peru, com medalhas de ouro em todas as provas que disputou. A competição terminou neste domingo, 1º de setembro, e o Brasil ficou em primeiro lugar no quadro geral de medalhas.

Essa foi a quarta disputa de Parapan de Dias. Em Lima, o nadador alcançou a marca de 33 medalhas conquistadas, todas de ouro. “Estou muito feliz, só tenho a agradecer a Deus pelo privilégio de estar aqui. Se tivesse me perguntado, lá no começo da carreira, se eu sonhava com tudo isso, eu jamais responderia que sim. Não ia imaginar chegar tão longe e com estas marcas”, festejou o atleta, que manteve 100% de aproveitamento em Parapans.

Nesta edição, o nadador disputou as provas 50m, 100m e 200m livre, 50m costas, 50m borboleta, além do revezamento 4X100m medley, que combina os quatro estilos. 

Mesmo acostumado a tantas conquistas, Daniel Dias foi às lágrimas no último pódio. “É que passa um filme na cabeça, parar e pensar como eram as coisas desde o Rio 2007 e todo o trabalho para chegar até aqui, o quanto tudo isso é grande, o Parapan tem seu peso e sua glória, são definitivamente lágrimas de alegria”, diz.

Daniel Dias volta às atenções para a disputa do Mundial de Natação, que será disputado em Londres, entre os dias 9 e 15 de setembro. Por conta do prazo apertado, a equipe de natação brasileira nem participou da cerimônia de encerramento do Parapan. “Seguimos focados. Treinar mais uma semana, fazer os últimos ajustes e seguir forte para conquistarmos as sonhadas vagas para as Paralimpíadas de Tóquio 2020. O Parapan foi uma ótima preparação e sigo animado para dar o meu melhor”, comenta Daniel.

Recorde brasileiro

A delegação brasileira retorna de Lima com a primeira colocação no quadro de medalhas, com a conquista de 308 medalhas, sendo 124 de ouro. Essa foi a melhor participação dos atletas brasileiros desde o Parapan-Americano de 1999, na Cidade do México.