Renan Ferreirinha, de pé, falando com os alunos.
Mundo

High School Experience em sua nova edição

Palestra apresenta programa de estudos a alunos do Colégio Mackenzie

06.11.201812h54 Comunicação - Marketing Mackenzie

Compartilhe nas Redes Sociais

Palestra apresenta programa de estudos a alunos do Colégio Mackenzie

Na última quarta-feira, 31 de outubro, aconteceu a apresentação da nova edição do programa de estudos intitulado High School Experience, com foco para alunos dos 8° e 9° anos do Colégio Presbiteriano Mackenzie (CPM), que visa, em parceria com a Liberty University, preparar os estudantes para aquisição dos diplomas brasileiro e americano, impulsionando sua entrada em universidades nacionais e internacionais. O evento ocorreu no auditório Escola Americana, no campus Higienópolis.

“A experiência de cursar um High School abre um leque de várias universidades e vários programas de ensino nacionais e internacionais. Para isso, precisamos estar abertos às oportunidades”, disse o palestrante Renan Ferreirinha, ativista em educação e empreendedor social, que estudou Economia e Ciência Política em Harvard, com bolsa de 100%. Para ele, estudar fora foi “uma experiência revolucionária multicultural muito bacana”, à qual ele incentiva os alunos do CPM.

Ferreirinha e outros alunos conversaram com os estudantes presentes para dar uma perspectiva mais ampla sobre a experiência no exterior e do curso de High School. O encontro apresentou também os critérios necessários para quem deseja fazer parte do programa, acompanhe:

  • Ter inglês intermediário;
  • Realizar uma prova escrita em inglês;
  • Passar por uma entrevista (comunicação oral em inglês);
  • Entregar carta de recomendação de um professor e mostrar o último boletim que possui.

Novidade da edição deste ano

O High School e a Student Travel Bureau (STB) levarão o aluno que tiver o melhor desempenho na prova escrita para realizar um intercâmbio na Inglaterra com tudo pago (acomodações, passagens e curso) durante duas semanas, em julho de 2019. Para se inscrever na prova, o aluno tem que escanear um QR Code, que se encontra na sala de aula. As próximas provas estão marcadas para os dias 12 de novembro e 13 de dezembro, ambas às 14h30. O resultado sairá depois de sete dias úteis via e-mail.   

Visões sobre o programa

O High School é um processo intenso, que concilia disciplinas do currículo brasileiro com o currículo americano. A nota adquirida vale bastante no histórico do aluno e é necessário muito tempo de dedicação, de acordo com eles mesmos.

Segundo a estudante do 9° ano do Ensino Fundamental II e do 1° ano do High School, Nicole Fadel, a prova exige interpretação de texto, conhecimento em vocabulário e gramática, principalmente conjugação verbal. Além disso, Nicole comentou sobre a importância da entrevista, que acontece depois da prova, sendo ela responsável por “abrir portas para muita gente”.

Lucas Berçot da Silva, do 1° ano do Ensino Médio e 1° ano do High School, não precisou participar do processo seletivo. Para ele, por ter vindo de uma escola bilíngue e ter obtido o First Certificate in English (Primeiro Certificado em Inglês - FCE), bastou apresentar o diploma de Cambridge para ser aceito. “Achei bem bacana porque são poucas as escolas que aceitam”, comentou ele.

Como dica para os alunos interessados, Nicole e Lucas falaram sobre ter organização, fator fundamental que faz a diferença no dia a dia.

O evento High School Experience teve ainda a participação do Coral Juvenil do Mackenzie, grupo com cerca de 20 integrantes que apresentou duas canções, True Colors, de Cyndi Lauper, e Lucky, de Jason Mraz feat. Colbie Caillat. A reflexão bíblica do dia foi feita pelo reverendo José Carlos Piacente Júnior.

MundoColégiosChancelariaDestaque