Atualidades

EmpreendaMack incentiva o protagonismo estudantil

Evento visa desenvolver nos alunos a ideia de ser um empreendedor pessoal

30.09.201917h24 Comunicação - Marketing Mackenzie

Compartilhe nas Redes Sociais

O desenvolvimento do empreendedorismo nos estudantes é o objetivo do EmpreendaMack, realizado nesta segunda, 30 de setembro, e terça, 1º de outubro, na Universidade Presbiteriana Mackenzie (UPM), campus Higienópolis. As atividades pretendem florescer nos alunos uma independência por meio do protagonismo estudantil, incentivando-os a investir em projetos de empreendedorismo pessoal.

Para o reitor da UPM, Benedito Guimarães Aguiar Neto, desenvolver o empreendedorismo vai além de inserir uma mentalidade de criação de novas empresas ou se tornar micro-empresário, e isso passa diretamente pelo protagonismo estudantil. “Ser empreendedor é o que se espera do profissional do presente século. Mas estamos falando no sentido do aluno ser um empreendedor pessoal, desenvolver a proatividade, liberdade de ação’, afirmou.

Comunicação abre o evento

A abertura do evento contou com palestra ministrada pelo diretor de consumer experience da Adidas, Diogo Guimarães, que se formou em Publicidade e Propaganda na UPM, em 1998. O palestrante falou sobre transformações e como que os jovens estudantes devem ser preparados para se adaptar às mudanças dos tempos. 

Para ele, as transformações modernas vão muito além da introdução da tecnologia no cotidiano das pessoas. “É, ao mesmo tempo, antropológica, sociológica, psicológica, a maneira como a gente enxerga o mundo, a maneira como a gente decodifica as mensagens. A tecnologia tem um papel importante nisso, a maneira como a gente se organiza enquanto sociedade”, declarou. 

Para estar antenado com estas mudanças repentinas, os estudantes precisam ser protagonistas de sua própria formação. “Eu tento trazer um pouco deste universo da transformação que está acontecendo nos mercados, na publicidade, na comunicação, nas marcas, dando uma provocada nos alunos para eles entenderem que o protagonismo está nas mãos deles, depende deles”, concluiu.

O diretor do Centro de Comunicação e Letras (CCL) da UPM, Marcos Nepomuceno, disse que a Comunicação está no centro do debate sobre empreendedorismo e protagonismo estudantil, por ter sido a área que mais enfrentou e ainda enfrenta transformações em seus processos.“As escolas de comunicação que não forem protagonistas na construção de soluções, vão ser incapazes de trazer soluções contemporâneas para os problemas da comunicação”, pontuou. 

Autoridades presentes: José Inácio Ramos, presidente do Instituto Presbiteriano Mackenzie (IPM); José Francisco Hintze Júnior, diretor de Desenvolvimento Humano e Infraestrutura do IPM; Marco Tullio de Castro Vasconcelos, vice-reitor da UPM; Jorge Alexandre Onoda Pessanha, pró-reitor de Extensão e Educação Continuada; Paulo Batista Lopes, pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação.

EmpreendaMack

Serão realizadas palestras, jogos, oficinas e entrevistas com participação de antigos alunos que atualmente trabalham com empreendedorismo. O objetivo é apresentar aos estudantes oportunidades para que eles possam desenvolver o protagonismo estudantil e conhecer com quem pratica os desafios e caminhos de sucesso do empreendimento. São quatro ambientes distintos para que alunos do ecossistema de empreendedorismo da Universidade, bem como professores, antigos alunos e estudantes interessados em geral possam ter a melhor experiência.