Cultura

Dicas de livros para ler durante a quarentena

Professora do Mackenzie favorita leituras que abordam inovação, cultura e consciência social

24.04.202010h00 Comunicação - Marketing Mackenzie

Compartilhe nas Redes Sociais

Durante esse período de isolamento social, muitas pessoas têm descoberto novos hobbies, resgatado hábitos, gabaritando todas as séries e devorando os livros da estante… E por falar em literatura, nesta semana, no dia 23 de abril, foi comemorado o Dia Mundial do Livro e dos Direitos Autorais, que tem como maior objetivo incentivar o hábito a leitura, além de homenagear os grandes autores da história.

Pensando nisso, nesta nova edição do #FavoriteiMackenzie, convidamos Valéria Martins, professora dos cursos de Jornalismo, Letras e Publicidade e Propaganda do Centro de Comunicação e Letras (CCL) da Universidade Presbiteriana Mackenzie (UPM), para fazer uma lista com quatro livros imperdíveis para ler durante a quarentena.

A lista abrange temas como cultura, inovação, marketing digital, consciência social e sustentabilidade. Confira as indicações:

1.  De onde vêm as boas ideias, de Steven Johnson

“Esse é o primeiro livro que indico porque creio que o momento pelo qual passamos tem total relação com a temática abordada por esta obra. As boas ideias, muitas vezes, surgem nas crises. Steven Johnson, formado em Semiótica pela Universidade Brown e em Literatura Inglesa pela Universidade Columbia, leva o leitor para uma reflexão sobre como surgem as boas ideias e sobre os ambientes em que elas nascem. Além de nos fazer refletir sobre diversas descobertas ao longo da história da humanidade, ele expõe determinados padrões dos processos que geram inovações. É curioso e gosta de inovar? Comece esta leitura hoje mesmo!”.

2.  Marketing 4.0: do tradicional ao digital, de Philip Kotler, Hermawan Kartajaya e Iwan Setiawan

“Quem estuda marketing, em algum momento da vida, conhece o Kotler e este livro só fez aumentar minha admiração pelos estudos desse autor que, nessa obra, pôde dialogar com outros dois autores.  Aqui são retratadas as transformações do marketing tradicional para o digital. Além de, evidentemente, abordar a conectividade que alterou o dia a dia de quase todos nós, a obra busca levar o leitor a compreender as escolhas dos consumidores na era digital e a refletir sobre novas práticas de marketing. Uma parte muito envolvente da leitura retrata os cinco caminhos do consumidor, chamados pelos autores de os 5 As: assimilação, atração, arguição, ação e apologia. Se o objetivo de alguém é buscar formas de atingir melhor seu público-alvo no mundo atual, essa leitura tem de ser feita”.

3. Minha história, de Michelle Obama

“Ouço com frequência, de muitos alunos, que eles buscam na graduação a chance de conseguir uma condição de vida melhor para si e para sua família. Esses alunos ainda me explicam, quase que com o coração na mão, que o desejo deles seria um mundo em que mudanças sociais pudessem ofertar a todos os indivíduos as mesmas oportunidades. Esta autobiografia leva o leitor a refletir sobre essas questões quase que durante toda a narrativa e ainda faz com que o leitor se sinta próximo de uma mulher forte, cativante e competente. Gosta de biografias inspiradoras? Não perca esta dica”. 

4.Moda com propósito: manifesto pela grande virada, de André Carvalhal

"Em minhas aulas, na disciplina de Moda, refletimos quase que semanalmente sobre a necessidade de mudarmos nossos hábitos de consumo em relação aos bens materiais do universo da moda. Quantidade não é mais a palavra da moda, mas sim necessidade. Comprar algo não nos deixará felizes para sempre. Além disso, a indústria têxtil é uma das maiores responsáveis por poluir o mundo. Se você quer refletir sobre moda, sustentabilidade, consciência social, cultura e economia criativa, Moda com propósito é a minha indicação. A moda precisa de verdadeiros propósitos e neste livro você encontrará vários".