Atualidades

Dia das crianças: qual a importância desta fase da vida?

Mais que festas, a data traz reflexões sobre as influências do ‘ser criança’ no mundo atual

09.10.202019h09 Comunicação - Marketing Mackenzie

Compartilhe nas Redes Sociais

O Dia das Crianças no Brasil foi elaborado por um projeto de lei que estabelecia 12 de outubro como data oficial para a comemoração. Na maioria dos países do mundo, as celebrações são realizadas em 20 de novembro, devido à oficialização da Declaração Universal dos Direitos da Criança, em 1959. Entretanto, independentemente do calendário, mais do que programações especiais e festividades, a data é uma oportunidade para reflexões sobre a importância da infância, bem como as influências que essa fase tem sobre a vida adulta. 

Conforme explica a orientadora educacional do Colégio Presbiteriano Mackenzie (CPM) São Paulo, Lilian Sousa, a infância é uma fase muito importante do desenvolvimento humano, marcada pelo aprendizado e descobertas. É nela que, por meio de suas vivências, a criança conhece o mundo no qual está inserida e aprende sobre regras de convívio social, cooperação, comunicação e resolução de conflitos. 

É por meio do brincar que são desenvolvidas múltiplas competências e habilidades, tais como: raciocínio, atenção, imaginação, criatividade e socialização. São essas habilidades que, futuramente, irão estimular a maneira de ser e agir na idade adulta. “A infância e suas vivências podem influenciar a vida adulta positivamente ou negativamente, isso está diretamente ligado aos tipos de experiências e aprendizados aos quais a criança é exposta”, explica Lilian. 

De acordo com a orientadora pedagógica da Educação Infantil do CPM São Paulo, Denise Lopes, pesquisas evidenciam que vínculos familiares, ambientes saudáveis e uma boa educação escolar nos anos iniciais são essenciais para o desenvolvimento pleno da criança, o que refletirá em uma maior facilidade de adaptação em diferentes ambientes, aquisição de novos conhecimentos, bom desempenho acadêmico e maior realização pessoal, vocacional e econômica. 

Dentro do contexto de um mundo conectado e veloz, no qual as gerações mais novas são atingidas rapidamente pela internet e suas inovações, se faz necessário destacar a importância da educação e da escola em resgatar atividades costumeiras da infância, como as brincadeiras e o uso da imaginação, conforme aponta Denise. “A tecnologia pode tanto informar como alienar, cabendo à educação a justa medida, fazendo uso de todas essas ferramentas sem abrir mão da formação de um ser humano integral, com um pensamento crítico e reflexivo”.

Para Lilian, a internet pode trazer muitos benefícios aos pequenos, desde que utilizada com moderação e sendo vista como um dos meios que auxiliam no seu desenvolvimento, mas não o único. “O 'ser criança' nos dias atuais é um caminhar entre esses dois universos, o tecnológico e o da brincadeira, aproveitando aquilo que eles oferecem de melhor para o desenvolvimento de competências e habilidades e para a sua formação integral”, completa. 

Importante ressaltar que criança se desenvolve à medida que cresce em estatura e conhecimento. Mas, nesta data, podemos nos questionar: há algo que os adultos deveriam aprender com as crianças?

A orientadora pedagógica Denise recorda da passagem bíblica em Mateus 18, na qual Jesus fala sobre a importância de características comuns às crianças e que deveriam ser mantidas na maioridade: “Uma criança sempre está perguntando o porquê de tudo que está ao seu redor, ela é uma grande pesquisadora, buscando entender o seu mundo e interagindo com ele. Penso que assim devemos ser nós, adultos,:termos um coração humilde, pronto a aprender as verdades de Deus”. 

De semelhante modo, a orientadora educacional Lilian reforça como as crianças possuem um coração pronto para amar e livre de preconceitos. Não enxergam diferenças sociais, de raça ou deficiência. Podem até entrar em algum conflito, mas são poucos minutos até esquecerem o que aconteceu e estarem juntas novamente. “Aprender a amar e a perdoar já seriam aprendizados riquíssimos para os adultos. Agora, se pudéssemos também aprender a nos alegrar nas situações corriqueiras do nosso dia a dia, como só as crianças sabem fazer, seria muito bom”, enfatiza.

Comemorações nos colégios

Diante do cenário em que vivemos, com as crianças em casa por conta da pandemia de covid-19, as unidades do CPM São Paulo, Palmas, Tamboré e Brasília adaptaram as comemorações: todas serão feitas a distância, prezando sempre pela segurança dos alunos e seus familiares, sem deixar de lado a diversão e alegria. 

A diretora do CPM Palmas, Marta Silveira, conta que neste ano além da continuação do projeto Temático, em que as crianças participam das aulas on-line caracterizadas - tais como dia do cabelo maluco, dia das cores, dia do pijama, dentre outros - no dia 15 deste mês será feito um drive-thru no Colégio, no qual as crianças e suas famílias passarão em frente à escola para retirar presentes e tirar fotos no painel com o tema do projeto, juntamente com as professoras vestidas de princesas. “Esse momento servirá para fortalecer o vínculo da criança com a escola e aproximá-la do lúdico que é vivenciado na Educação Infantil”, afirma.  

O drive-thru também estará presente nas comemorações do Dia das Crianças do CPM Tamboré, momento no qual o Colégio entregará um mimo para todos os alunos da Educação Infantil e do Ensino Fundamental I. Para a diretora da Educação Básica da unidade, Vera Mendes, sobretudo em época de tantas incertezas, a presença do Colégio se faz muito importante no dia a dia dos estudantes:

“Comemorar o dia das crianças em meio à pandemia irá colaborar para que nossos alunos sintam-se amados, valorizados, reavivando a alegria do brincar”, disse. 

Já no CPM Brasília, além das arrecadações de brinquedos para doação promovidas pelo Mackenzie Voluntário, a coordenadora da Educação Infantil, Edna Regina Gallucci, conta que a data está sendo comemorada em vários momentos, começando com a Live da Cozinha Pedagógica, transmitida no dia 07 de outubro pelo canal oficial da unidade no YouTube, e com o drive-thru no dia 10, no qual as crianças e sua famílias serão recebidas de carro no campus do Colégio pela equipe de professores e poderão garantir uma lembrancinha especial. 

Edna ainda reforça que a escola tem sido uma parceira das famílias, principalmente neste cenário complicado. “O Mackenzie permanece presente na vida de seus estudantes, acompanhando e auxiliando nas etapas de desenvolvimento de cada um deles”, reitera. 

O CPM São Paulo também adaptou a programação e vai celebrar a data com vários eventos especiais durante a semana. A primeira será no dia 14 de outubro, quando o Colégio realizará, juntamente com a Capelania, um culto de Ação de Graças voltado às crianças, com louvor e linguagem apropriada para os pequenos. Já no dia 15, os alunos poderão participar de uma live preparada pelas professoras, repleta de brincadeiras e muita interação. E, no dia 16, ocorrerá a transmissão ao vivo do espetáculo com os palhaços Atchim e Espirro. O show, que será filmado no Auditório Ruy Barbosa do campus Higienópolis, poderá ser assistido pelos alunos em casa, em tempo real. 

Para fechar as comemorações da melhor forma, o Colégio também preparou um drive-thru entre os dias 19 e 21 de outubro. Segundo a diretora da Educação Básica da unidade, professora Márcia Regis, as famílias dos alunos serão convidadas a irem ao Colégio e lá serão recebidas em clima de festa: faixa de boas-vindas, enfeites, balões, pipoqueiro e músicas. 

Todos os seus filhos serão ensinados pelo Senhor, e grande será a paz de suas crianças. Isaías 54:13.