Desafios da universidade contemporânea

09.12.201419h00 Comunicação - Marketing Mackenzie

Compartilhe nas Redes Sociais

O Centro Histórico e Cultural Mackenzie foi palco do lançamento do livro “Desafios da Universidade Contemporânea”, com trabalhos de professores que participam do Núcleo de Estudos Avançados (NEA) da Universidade Presbiteriana Mackenzie (UPM), que há dois anos se reúnem e discutem questões que envolvem a universidade no geral e os desafios inerentes à universidade contemporânea.

 

A obra relata uma série de reflexões mais amplas sobre os desafios da universidade no mundo contemporâneo, ou seja, são apresentados desafios curriculares relacionados com a pesquisa e a inovação tecnológica. “Também é uma reflexão sobre a nossa história, na tentativa de olhar o passado pra que apontemos os melhores caminhos para o futuro. Creio que é uma obra que reflete o pensamento da UPM no que diz respeito à implementação de novas políticas e novas diretrizes para as suas atividades fim: o ensino a pesquisa e a extensão”, destacou o reitor da UPM, doutor Benedito Guimarães Aguiar Neto, um dos organizadores da obra e presidente do NEA.

 

O livro é fruto dessa discussão, é um trabalho realizado com todas as unidades universitárias da UPM motivadas pela necessidade de se estabelecer uma concepção acadêmico pedagógica única para toda a universidade, gerando a reformulação dos projetos pedagógicos.

 

O outro organizador da obra e coordenador do NEA, doutor Reynaldo Cavalheiro Marcondes, explicou que o conteúdo do livro é o resultado de três eventos que discutiram a questão da contemporaneidade da universidade: “o primeiro evento tratou da questão da educação no Brasil e outros expoentes da educação, que foram grandes incentivadores do desenvolvimento da universidade brasileira. Neste bloco também se falou de evolução e de como a UPM se tornou uma universidade. O segundo evento tratou da formação do professor, que é um ponto fundamental na universidade contemporânea. E o terceiro bloco tratou da inovação tecnológica, essencial para reafirmar o pioneirismo de nossa Instituição”, finalizou.