Reitoria

Aprendizagem Significativa na XV Semana de Preparação Pedagógica

Universidade Presbiteriana Mackenzie prepara docentes para o início das aulas em 2019

30.01.201915h04 Comunicação - Marketing Mackenzie

Compartilhe nas Redes Sociais

“Quando falamos de aprendizagem significativa, nos referimos a um processo de ensino-aprendizagem com propósitos que precisam ser muito bem definidos. Ou seja, não é simplesmente uma realização pessoal, uma formatura que será alcançada, ou um status, mas o papel que o aluno tem de servir à sociedade, de estar a serviço da sociedade, e ele tem de reconhecer isso durante sua trajetória, tem de estar consciente de seu papel no processo de ensino-aprendizagem”. Essas são as palavras de Benedito Guimarães Aguiar Neto, reitor da Universidade Presbiteriana Mackenzie (UPM), sobre o protagonismo estudantil, um dos assuntos da XV Semana de Preparação Pedagógica (SPP), que ocorre até o dia 01 de fevereiro nos campi Higienópolis e Campinas do Mackenzie.

Com o tema O Protagonismo Estudantil e a Inovação: Eixos Articuladores da Concepção de Universidade, o evento reúne os professores da UPM em minicursos, oficinas, relatos de experiências e simpósios. Para Marco Tullio de Castro Vasconcelos, vice-reitor da UPM, “a SPP é uma oportunidade de receber os professores e prepará-los a respeito de aspectos técnicos e pessoais, com debates que visam motivar e refletir sobre a prática pedagógica, de pesquisa, do relacionamento professor-professor, do relacionamento com o aluno, com a Universidade, com sociedade, etc. Dando especial atenção à questão do impacto das tecnologias e da mudança do comportamento das pessoas”.

De acordo com o reitor da UPM, é preciso que os professores estejam preparados para incentivar esse mix de competências em seus alunos, “desenvolvendo neles a capacidade de buscar informação, a capacidade de aprender a aprender, ou seja, ele não pode ter um comportamento passivo, estático, mas sim uma ação dinâmica no processo”, destaca Aguiar Neto. Ele ainda enfatiza que se não houver essa participação ativa por parte do aluno e o uso de metodologias adequadas por parte do professor, o processo de ensino-aprendizagem não se torna eficaz.

Mudança de gerações

Segundo analisa o vice-reitor, um dos grandes desafios da docência atualmente se deve à grande mudança entre gerações, “de um lado, há pessoas que já nascem introduzidas em um mundo de ferramentas tecnológicas e com acesso praticamente ilimitado à informação, de outro, esses mesmos jovens são criados sem a sociabilidade do passado. Ou seja, com menos irmãos e sem a interação com vizinhos, por exemplo”, pontua Vasconcelos.

Nesse aspecto, os professores também devem estar preparados não apenas para a utilização das novas ferramentas e dinâmica, “mas também para trabalhar a questão da sociabilidade, socialização, do trabalho em grupo, da interdependência, e da questão da comunicação, de uma maior capacidade de crítica e da perspectiva de compreensão por parte dos professores, que estão 30, 40, às vezes 50 anos à frente e que têm um modo de pensar diferente”, completa o vice-reitor, e finaliza, “nosso modelo de ensino não pode ser repetitivo, ele terá que ser ajustado para essas novas demandas dos novos tempos, pois as empresas vão requerer profissionais que tenham outras habilidades e temos de estar prontos para isso”.

Sobre a XV SPP

Tratando de temas como: Avaliação; Educação e Confessionalidade; Educação Empreendedora e Inovação; Ensino, Pesquisa e Extensão; Inclusão; Interdisciplinaridade; Novas Metodologias e Tecnologia e Educação, a Semana de Preparação Pedagógica teve início em 28 de janeiro com abertura oficial em no dia 29 no auditório Ruy Barbosa do Mackenzie no campus Higienópolis.

Na ocasião, Aguiar Neto realizou a abertura oficial do evento ao lado de José Inácio Ramos, presidente do Instituto Presbiteriano Mackenzie (IPM); do vice-reitor da Universidade; Marili Moreira da Silva Vieira, pró-reitora de Graduação e Assuntos Acadêmicos; Jorge Alexandre Onoda Pessanha, pró-reitor de Extensão e Educação Continuada; Paulo Batista Lopes, pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação; Cleverson Pereira de Almeida, secretário dos Conselhos Superiores e de Controle Acadêmico; Ana Lucia de Souza Lopes, coordenadora de Apoio Pedagógico; e o reverendo José Carlos Piacente Jr.

Além deles, o evento contou com apresentação musical de Júlia Marino, aluna do curso de Letras, que performou três canções aos presentes, duas de artistas consagrados e uma de sua própria autoria que você pode conferir o clipe oficial aqui.