Alunos do Mackenzie se destacam no vestibular 2020

Foram mais de 130 aprovações de estudantes do Colégio Mackenzie em diversas instituições

11.02.202017h00 Comunicação - Marketing Mackenzie

Compartilhe nas Redes Sociais

Os alunos do Colégio Presbiteriano Mackenzie (CPM) Higienópolis tiveram um ótimo desempenho nos vestibulares de diversas instituições para iniciarem o ensino superior no primeiro semestre de 2020. Além das aprovações, os estudantes colecionaram boas notas na redação do Enem. 

Ao todo, foram 130 aprovações em vestibulares diversos, incluindo Instituições de Ensino Superior (IES) públicas e privadas, nacionais e internacionais e, claro, também na Universidade Presbiteriana Mackenzie (UPM). Quanto ao Enem, o órgão responsável pela organização ainda não encaminhou os resultados oficiais dos alunos para as escolas. No entanto, nas redações, três alunos tiraram 920 e uma aluna alcançou 940. 

“Tivemos um bom desempenho esse ano, mas as provas foram mais difíceis. Temos investido no trabalho para vestibulares e veremos, com certeza, avanços nos próximos anos também”, declarou o Coordenador para Vestibular do CPM, o professor Alexandre Moraes de Almeida.

Para a diretora pedagógica da educação básica do CPM, Márcia Régis, o desempenho dos estudantes neste ano, é um reflexo do desenvolvimento do ensino do Colégio. "todo investimento na qualificação do professor e na infraestrutura do colégio, com incentivo à inovação, tecnologia e pesquisa, contribuíram  para a melhoria no resultados dos alunos", afirma. 

Umas das alunas aprovadas na USP foi Nicole Maria Santos Oliveira, de 17 anos, que passou em Direito da Faculdade do Largo de São Francisco. “Meu foco sempre foi a Fuvest, fiz provas antigas para me familiarizar com o tempo para resolver as questões, algo que os professores do Mackenzie me ensinaram”, diz a mackenzista.

A estudante afirma que o ensino do colégio a ajudou na hora de se preparar para o vestibular. “Eu tive ótimos professores todos os anos e todo conhecimento que eles me passaram me ajudou”, conclui. 

Para os próximos anos, a expectativa dos educadores do CPM é de aumentar os índices de aprovação nos vestibulares. “Estamos mantendo os resultados de anos anteriores, mas queremos mais. Nos próximos anos, vamos avançar no Enem, na aprovação no Mackenzie e também nas universidades públicas de SP, principalmente Fuvest, Unicamp e Unesp. Temos muito trabalho a fazer”, promete o professor Almeida.

Márcia Regis estima que para 2021 os resultados sejam ainda mais significativos, com foco na meta de estar entre as 10 melhores escolas do município de São Paulo nos próximos anos. "Reconhecemos que o ensino de excelência, pautado na teoria da aprendizagem significativa, juntamente com o incentivo ao treino  nos simulados, dará maior preparo e maturidade aos nosso alunos para os vestibulares e avaliações que irão vivenciar", conclui a diretora.