Esporte

Alunos do Colégio Presbiteriano Mackenzie são destaque na esgrima

Conheça Manuela e Luiz Henrique, vitoriosos no último torneio nacional da modalidade

07.05.201911h59 Comunicação - Marketing Mackenzie

Compartilhe nas Redes Sociais

Manuela Fattori Tapajós Santos, de 11 anos, e Luiz Henrique Foschini Queiroz, de 10 anos, são amigos que compartilham uma paixão em comum no esporte: a esgrima. Os jovens mackenzistas do Colégio Presbiteriano Mackenzie (CPM), campus Higienópolis, começaram cedo na esgrima e vêm conquistando novas vitórias a cada dia.

Manuela, aluna do 6º ano, conseguiu a medalha de bronze na modalidade Espada Sub 11 e a de prata na Florete Sub 11 no último torneio nacional, realizado em Porto Alegre, subindo para o 2º lugar no ranking brasileiro, além de se classificar para disputar o campeonato Sul Americano e Pan-Americano na modalidade.

Já Luiz Henrique, aluno do 5º ano, é o atual n° 1 no ranking na modalidade Espada, categoria Sub 11 e, assim como Manuela, teve destaque no último torneio nacional.

Para conhecermos um pouquinho sobre eles, conversamos com os atletas sobre seus sonhos, sentimentos, hobbies. Confira o bate-papo a seguir:

Quando e como começou sua paixão por esgrima?

Manuela: Quando tinha cinco anos. Eu fazia outros esportes, no clube em que sou sócia, e passava em frente à sala de esgrima. Mesmo sem saber o que era, aquilo me fascinava, então resolvi começar a praticar e aqui estou, no meu terceiro ano de esgrima e muito feliz. Não me arrependo de ter escolhido esse esporte.

Luiz Henrique: Comecei com sete anos. Um dia estava passando em frente à sala da esgrima e perguntei para minha mãe se eu podia fazer uma aula. Ela deixou e acabei me encontrando no esporte.

Desde quando você compete?

Manuela: Desde os meus oito anos de idade.

Luiz Henrique: Comecei depois de seis meses que eu estava treinando, quando meu professor ligou para a minha mãe e falou que eu já podia competir.

Como você se sente no momento em que está competindo?

Manuela: Me sinto ansiosa, com o coração acelerado. Fico nervosa para chegar ao resultado final, mas determinada para fazer o meu melhor.

Luiz Henrique: Fico nervoso, penso como tenho que agir.

Qual é a parte mais legal de praticar esgrima?

Manuela: Quando vejo que meus esforços valeram a pena para chegar ao resultado que eu queria, além dos meus amigos, que conheci no esporte, pois tenho certeza de que vão me acompanhar para o resto da minha vida.

Luiz Henrique: Foi através da esgrima que fiz meus melhores amigos, viagens e os treinos em si, que são bem legais.

Qual é o seu maior sonho dentro do esporte?

Manuela: Participar de uma olimpíada e ganhar uma medalha, com certeza!

Luiz Henrique: Representar o Brasil em uma olimpíada.

O que você gosta de fazer além da esgrima?

Manuela: Eu gosto de cantar, ler meus livros, ouvir música, ir à piscina e ao cinema.

Luiz Henrique: Jogar videogame e ir à escola.

Se você pudesse realizar um sonho, qual seria?

Manuela: Seria conhecer a autora de Harry Potter, J. K. Rowling, e pedir que ela escrevesse um livro de aventuras sobre o pequeno bruxo com esgrima. Inclusive, já tenho até um nome para o livro: “Harry Potter and the Fencing Girl”, que seria “Harry Potter e a Garota Esgrimista”.

Como você está se sentindo sabendo que está em primeiro lugar no ranking brasileiro na sua modalidade?

Luiz Henrique: Estou muito feliz com essa conquista.

Como você está se sentindo sabendo que está entre os primeiros no ranking brasileiro na sua modalidade?

Manuela: Eu me sinto muito orgulhosa e muito feliz que meus treinos e minha dedicação tenham dado o resultado que eu mais queria.