Alunos da Rede Pública recebem aulas de Direito gratuitamente

20.02.201517h45 Comunicação - Marketing Mackenzie

Compartilhe nas Redes Sociais

Desde o ano passado os alunos da Escola Estadual Gustavo Marcondes e da Escola Estadual Aníbal de Freitas, em Campinas, participam de um projeto de extensão vinculado à Faculdade de Direito da Universidade Presbiteriana Mackenzie, campus Campinas.

 

Através de um programa gratuito de um ano de atividades práticas e um ano e meio de atividades teóricas os alunos recebem orientação sobre temas jurídicos como Direito Eletrônico; do Consumidor; Noções de Cidadania; Lei Maria da Penha e Direito do Trabalho, entre outros.

 

As orientações, que acontecem no horário de aula ou fora do período normal, de acordo com a grade curricular da escola, tem o intuito de propiciar uma visão crítica e apurada aos participantes, além de inserir no currículo escolar do Ensino Médio e Fundamental algumas noções do Direito, desmistificando um pouco do mundo que a modalidade está inserida.

 

Segundo o coordenador do projeto, o docente da Universidade Presbiteriana Mackenzie Luís Henrique Bortolai, “nas aulas busca-se introduzir pequenas noções básicas do Direito, a fim de retomar uma formação crítica nos estudantes, especialmente quando se prioriza a formação cidadã, de modo a alterar o futuro da geração”.

 

Com forte apelo, o projeto que começou tímido e que conta atualmente com 60 alunos, já demonstra resultados. Além de agregar novas informações aos envolvidos, a atividade extensionista também tem corroborado para a formação dos alunos no seu ambiente familiar . “Ao se ter noção dos seus direitos, e sabendo onde podem os reivindicar, levando informações para sua casa, modifica-se não só o aluno, como a todos que estão no seu entorno, o que é extremamente gratificante para os participantes” – ressalta Bortolai.

 

Com pleno envolvimento e muito trabalho a fazer, o projeto está em busca da ampliação das atividades, com extensão em novas escolas da região e do entorno.