imagem do alto do coral
Atualidades

Alegria e celebração nos 149 anos do Mackenzie

Autoridades, colaboradores e comunidade estiveram reunidos em culto de graças pela instituição

21.10.201915h33 Comunicação - Marketing Mackenzie

Compartilhe nas Redes Sociais

Em um dia marcado por alegria, celebração e agradecimento, o Mackenzie esteve em festa pelo seu aniversário de 149 anos no dia 18 de outubro, sexta-feira, data que marca também o Dia do Mackenzista no calendário municipal de São Paulo (instituído desde 2005). Os cultos de ação de graças, que ocorreram em todas as unidades da instituição pelo Brasil, foram marcados pela alegria e a lembrança da fé, base do Mackenzie desde seu início, em 1870, com o casal Chamberlain.

Em São Paulo, no campus Higienópolis do Instituto Presbiteriano Mackenzie (IPM), o auditório Ruy Barbosa esteve lotado para a cerimônia que contou com a presença de diversas autoridades mackenzistas e de outras instituições, bem como com apresentação dos Corais da Coordenação de Artes Cênicas e Musicais (CAM) da Universidade Presbiteriana Mackenzie (UPM), que abrilhantaram o momento.

Roberto Brasileiro, presidente do Supremo Concílio da Igreja Presbiteriana do Brasil (IPB), agradeceu pela longevidade do Mackenzie e pediu que que a instituição se mantenha no caminho correto para continuar colaborando para a vida das pessoas que por aqui passam, seja como alunos, seja como colaboradores. "Que continue a viver o espírito mackenzista e que seja a benção para as mãos de todos", diz ele.

Para o chanceler do Mackenzie, Davi Charles Gomes, o momento é de celebração, no qual se recebe toda comunidade mackenzista com amor e felicidade. O reverendo, citando uma passagem das escrituras sagradas, ressaltou a importância de se apreciar oportunidades nas quais somos “convidados para a festa de Deus”, trabalhando em nossas ações e condutas para sermos dignos do que nos é posto como chance.

“É preciso vitalidade e força na celebração de Deus e notamos um padrão no qual os declínios se movimentam conforme as pessoas se ‘acostumam’ com um banquete, que é muito especial. Que estejamos preparados para celebrar com consciência a festa mackenzista, pois ela é uma extens​ão da festa das bodas de Jesus”, propôs Gomes com um desafio: lembrarmos que o reino é de Cristo e não no sentido de posse pessoal.

Como sugestão para os mackenzistas manterem esse espírito e alegria em Cristo, o chanceler sugere que a melhor forma de celebrar, e a mais gratificante, é servindo os outros. “Você quer celebrar um aniversário, então dá uma festa para alegria de seus convidados. Por quê? Porque não existe recompensa mais prazerosa do que celebrar com os outros, alegria é o vírus contagiante, do bem. A melhor celebração é sair do nosso egoísmo, porque a vida é feita de relacionamentos, e neles descobrimos a alegria de abençoar os outros. Quando perguntam "por que você trabalha?", o certo é dizer: para ter condição de abençoar os outros, viver feliz e espalhar alegria para os outros”, finaliza ele.

Para José Inácio Ramos, presidente do IPM, o agradecimento se destinou também aos funcionários e estudantes, de agora e de antes, destacando que a missão do Mackenzie deve se manifestar na conduta diária das pessoas que aqui atuam, “para que possamos refletir o amor de Deus”, afirma.

“Obrigado a cada colaborador que contribui para essa instituição ser perene como tem sido. Todos que aqui já passaram deram sua cota de contribuição. Aos atuais, minha gratidão, gostaria de cumprimentar a cada um individualmente, agradecendo o empenho e a dedicação que faz com que o Mackenzie seja uma instituição centenária e reconhecida”, complementa o presidente do IPM.

Para o reitor da UPM, Benedito Guimarães Aguiar Neto, como instituição confessional, o Mackenzie sempre está consciente da presença de Deus em suas ações. “Temos de ter a compreensão de que somos instrumentos nas mãos dEle para a obra educacional, são 149 anos de uma trajetória exitosa e abençoada, e isso é motivo de agradecermos. Desejo que possamos renovar nossos compromissos para com o Mackenzie, porque sabemos que esta é uma obra que foi criada no coração de Deus”, destaca ele.

Presenças ilustres

O culto contou ainda com a presença do presidente do Conselho de Curadores do IPM, reverendo Juarez Marcondes Filho, e o presidente do Conselho Deliberativo do Instituto, Hesio Cesar de Souza Maciel. Além deles, o reverendo Erni Walter Seibert, diretor executivo da Sociedade Bíblica do Brasil (SBB), e o brigadeiro José Madureira, do Comando Geral de Apoio à Aeronáutica, também prestigiaram o momento de graças.

Seibert, em nome da SBB, cumprimentou o Mackenzie pelos seus 149 anos de existência. “Uma existência que acompanha a história do nosso país e que cada vez mais está empenhada em entregar valores cristãos na educação, tão importantes para esse momento em que vivemos. Parabéns Mackenzie e muitos anos pela frente fazendo esse bom trabalho para a educação cristã”, comemorou.

Já Madureira parabenizou a todos que fazem o Mackenzie ser o que é, em suas palavras: “uma instituição que além de ter excelência na parte acadêmica, também forma pessoas para fazer um Brasil melhor, contribui com o crescimento do nosso país. Vocês têm um papel muito importante na nossa sociedade. Transformam crianças, jovens e adolescentes em seres humanos que têm valores em seu coração e com isso vão ajudar no futuro de nosso país. Obrigado Mackenzie e parabéns por tudo que vocês fazem pela sociedade brasileira”, completou.