Atualidades

A caixa preta de Darwin

Editora Mackenzie lança nova edição da obra em 28 de fevereiro

14.02.201915h55 Comunicação - Marketing Mackenzie

Compartilhe nas Redes Sociais

Editora Mackenzie lança nova edição da obra em 28 de fevereiro

A Editora Mackenzie lançará o livro A caixa preta de Darwin durante o evento Consciência Cristã 2019, que ocorrerá de 28 de fevereiro a 05 de março, em Campina Grande (PB). A edição da obra de Michael J. Behe, publicada em parceira com o Discovery Mackenzie, é importante por trazer um debate bastante acalorado sobre a evolução e a teoria do Design Inteligente (DI).

A Editora Mackenzie já iniciou a pré-venda do livro. Quem tiver interesse, basta acessar este link e adquirir seu exemplar. O livro é traduzido por Marcos Eberlin, coordenador do Discovery-Mackenzie, núcleo de pesquisas em Ciência, Fé e Sociedade. Criado pela Universidade Presbiteriana Mackenzie (UPM) em 2017, a célula surgiu para promover o debate entre evolução e design inteligente.

Sobre a obra

Em 1996, A caixa preta de Darwin lançou ao mundo a Teoria do Design Inteligente, com o argumento de que a natureza exibe evidências de design que vão muito além do acaso darwinista. Em um amplo espectro científico, a obra se estabeleceu como o texto básico e fundamental do DI, o argumento que precisa ser considerado para determinar se a evolução, segundo propôs Darwin, é mesmo suficiente para explicar a vida da forma que hoje a conhecemos.

No posfácio da edição comemorativa do 10º aniversário do livro, Behe explica como a complexidade descoberta por microbiologistas cresceu drasticamente desde a publicação de seu livro e como essa complexidade irredutível tem sido um desafio contínuo ao darwinismo que, sistematicamente, tem falhado em explicá-la. No posfácio comemorativo desta edição de 2019, Behe reforça o poder crescente de seus argumentos – tão atuais e devastadores em 2019 quanto eram em 1996.

A caixa preta de Darwin – o desafio da bioquímica à teoria da evolução é histórico, indispensável e ainda mais importante hoje do que era em 1996!