5 lugares históricos do campus que todo mackenzista deve conhecer

Você com certeza já ouviu alguém comentando sobre os prédios de tijolinhos do Mackenzie, ou já parou para fotografar a famosa biblioteca central do campus. Mas você sabe como tudo começou? A história da unidade de Higienópolis do Instituto Presbiteriano Mackenzie começou em 1879, quando o reverendo George W. Chamberlain comprou uma parte do nosso atual terreno. De pouco em pouco, o espaço ganhou forma. Separamos 5 lugares históricos, tombados como Patrimônio Histórico e Cultural, que contam muito sobre o Mackenzie.  1) Centro Histórico O Prédio 1 do campus Higienópolis foi construído entre os anos de 1894 e 1896 para dar espaço à primeira Escola de Engenharia privada do país. Hoje, nosso prédio mais antigo - tombado pelo Patrimônio Histórico e Cultural de São Paulo desde a década de 1990 - abriga o Centro Histórico e Cultural Mackenzie (CHCM) onde acontecem exposições de obras, lançamentos de livros e em época de aula, toda quinta-feira, a música no hall, do jazz ao rock! Além disso, ele abriga o acervo histórico do Mackenzie, com objetos, fotos e documentos desde a nossa fundação. Ah, e você sabia que antigamente o Mackenzie se chamava Escola Americana? Tudo mudou quando John Mackenzie fez a doação para construir o Edifício Mackenzie. Aos poucos, a marca Mackenzie passou a representar toda a instituição. Acompanhe as novidades que acontecem no CHCM pelo facebook.  2) Biblioteca Central Você provavelmente deve conhecer a biblioteca mais famosa do Mackenzie como “Biblioteca do Harry Potter”, mas na verdade o prédio 2, inaugurado em 1926, foi batizado de George Alexander, conselheiro do Mackenzie College por 30 anos. Assim como toda a parte histórica do nosso campus, os tijolinhos chamam atenção de todos os visitantes e futuros alunos da Instituição. Tanto por fora, quanto por dentro, a biblioteca abriga uma infinidade de livros e tem uma iluminação incrível para os amantes da fotografia. 3) Bosque Muitos mackenzistas escolhem o “Bosque das Fadas” (sim, esse é o nome oficial) para descansar, ler um livro ou conversar com os amigos. O lugar é tranquilo e serve como um refúgio para quem não se acostumou ainda com o ritmo da cidade grande. Você deve imaginar que apenas prédios são tombados, mas não. O espaço ao ar livre é reconhecido como Patrimônio pelo CONDEPHAAT (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo). Historicamente, o bosque abriga o busto de Horace Lane (intacto desde 1914!), que no ano de 1884 foi convidado pelo Rev. Chamberlaim para dirigir a Escola Americana. A novidade por ali é que durante as férias, refizeram a jardinagem. Que tal você dar uma passada por lá para conferir? 4) Edifício Chamberlaim Ao lado do bosque, o prédio 10 foi batizado com o nome do Reverendo George Chamberlain, que em 1870, com o intuito de alfabetizar, educar e evangelizar, junto com sua esposa Mary Annesley transformaram a sala de jantar na Escola Americana. O edifício, com características de um castelo, foi construído no ano de 1901 para funcionar como dormitório masculino. Até 1940, o local abrigou alunos dos cursos de nível superior. 5) Ginásio Coberto O primeiro ginásio coberto de uma instituição particular no Estado de São Paulo, e um dos primeiros da América Latina, funcionou como base de enfermaria para o Movimento Constitucionalista de 1932. Hoje, o ginásio de esportes serve como palco para jogos e treinos dos times do Mackenzie e alguns eventos do Instituto. Quer conhecer mais sobre a história do Instituto e ver de pertinho esses lugares históricos? O Centro Histórico e Cultural do Mackenzie leva vocês para um passeio pelo campus! É só agendar! E o mais legal: é aberto para todos os públicos! Para mais informações, envie um e-mail para chcm@mackenzie.br ou entre em contato pelo telefone (11) 2114-8661. Texto retirado do Portal Mackenzie

15.01.201813h52 Comunicação - Marketing Mackenzie

Compartilhe nas Redes Sociais

Você com certeza já ouviu alguém comentando sobre os prédios de tijolinhos do Mackenzie, ou já parou para fotografar a famosa biblioteca central do campus. Mas você sabe como tudo começou? A história da unidade de Higienópolis do Instituto Presbiteriano Mackenzie começou em 1879, quando o reverendo George W. Chamberlain comprou uma parte do nosso atual terreno. De pouco em pouco, o espaço ganhou forma. Separamos 5 lugares históricos, tombados como Patrimônio Histórico e Cultural, que contam muito sobre o Mackenzie.  1) Centro Histórico O Prédio 1 do campus Higienópolis foi construído entre os anos de 1894 e 1896 para dar espaço à primeira Escola de Engenharia privada do país. Hoje, nosso prédio mais antigo - tombado pelo Patrimônio Histórico e Cultural de São Paulo desde a década de 1990 - abriga o Centro Histórico e Cultural Mackenzie (CHCM) onde acontecem exposições de obras, lançamentos de livros e em época de aula, toda quinta-feira, a música no hall, do jazz ao rock! Além disso, ele abriga o acervo histórico do Mackenzie, com objetos, fotos e documentos desde a nossa fundação. Ah, e você sabia que antigamente o Mackenzie se chamava Escola Americana? Tudo mudou quando John Mackenzie fez a doação para construir o Edifício Mackenzie. Aos poucos, a marca Mackenzie passou a representar toda a instituição. Acompanhe as novidades que acontecem no CHCM pelo facebook.  2) Biblioteca Central Você provavelmente deve conhecer a biblioteca mais famosa do Mackenzie como “Biblioteca do Harry Potter”, mas na verdade o prédio 2, inaugurado em 1926, foi batizado de George Alexander, conselheiro do Mackenzie College por 30 anos. Assim como toda a parte histórica do nosso campus, os tijolinhos chamam atenção de todos os visitantes e futuros alunos da Instituição. Tanto por fora, quanto por dentro, a biblioteca abriga uma infinidade de livros e tem uma iluminação incrível para os amantes da fotografia. 3) Bosque Muitos mackenzistas escolhem o “Bosque das Fadas” (sim, esse é o nome oficial) para descansar, ler um livro ou conversar com os amigos. O lugar é tranquilo e serve como um refúgio para quem não se acostumou ainda com o ritmo da cidade grande. Você deve imaginar que apenas prédios são tombados, mas não. O espaço ao ar livre é reconhecido como Patrimônio pelo CONDEPHAAT (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo). Historicamente, o bosque abriga o busto de Horace Lane (intacto desde 1914!), que no ano de 1884 foi convidado pelo Rev. Chamberlaim para dirigir a Escola Americana. A novidade por ali é que durante as férias, refizeram a jardinagem. Que tal você dar uma passada por lá para conferir? 4) Edifício Chamberlaim Ao lado do bosque, o prédio 10 foi batizado com o nome do Reverendo George Chamberlain, que em 1870, com o intuito de alfabetizar, educar e evangelizar, junto com sua esposa Mary Annesley transformaram a sala de jantar na Escola Americana. O edifício, com características de um castelo, foi construído no ano de 1901 para funcionar como dormitório masculino. Até 1940, o local abrigou alunos dos cursos de nível superior. 5) Ginásio Coberto O primeiro ginásio coberto de uma instituição particular no Estado de São Paulo, e um dos primeiros da América Latina, funcionou como base de enfermaria para o Movimento Constitucionalista de 1932. Hoje, o ginásio de esportes serve como palco para jogos e treinos dos times do Mackenzie e alguns eventos do Instituto. Quer conhecer mais sobre a história do Instituto e ver de pertinho esses lugares históricos? O Centro Histórico e Cultural do Mackenzie leva vocês para um passeio pelo campus! É só agendar! E o mais legal: é aberto para todos os públicos! Para mais informações, envie um e-mail para chcm@mackenzie.br ou entre em contato pelo telefone (11) 2114-8661. Texto retirado do Portal Mackenzie