Notas e Esclarecimentos

150 anos unindo propósitos

Mackenzie comemora sesquicentenário em 2020 

21.01.202010h37 Comunicação - Marketing Mackenzie

Compartilhe nas Redes Sociais

Comemorar 150 anos de vida é um fato que merece destaque. Essa longevidade torna-se mais importante ainda em um país onde a maioria das instituições de ensino são muito mais jovens. A história do Mackenzie começa em 1870, quando o casal de missionários norte-americanos George e Mary Ann Chamberlain criou, na sala de sua casa, em São Paulo, uma pequena escola para poucas crianças. O tempo passou, a escola cresceu e hoje está presente em diversas unidades espalhadas pelo Brasil, levando sua missão, visão e valores a milhares de brasileiros.

“No segmento educacional, ter uma instituição que completa 150 anos é um diferencial, pois podemos vender tradição. Não no sentido de remeter ao que é velho, mas eu gosto da frase 'tradição em inovar'”, afirma o presidente do Instituto Presbiteriano Mackenzie (IPM), José Inácio Ramos.

Ao longo da história do Mackenzie, diversos nomes importantes do meio político, empresarial, artístico e cultural frequentaram nossos campi, como alunos ou professores. “Todos que passam por aqui levam o espírito mackenzista, no qual os valores éticos, morais e cristãos são vivenciados e ministrados em sala de aula e nas demais atividades”, indica o presidente do IPM. Para ele, este é o maior legado da instituição. 

Durante todo o ano de 2020, diversos eventos e atividades serão realizados para comemorar os 150 anos da instituição, envolvendo toda a comunidade mackenzista, desde a Educação Básica até a Pós-Graduação.

Em todas as celebrações, jamais será esquecida a confessionalidade da instituição, que é um diferencial reconhecido por todos. “Esta confessionalidade sempre foi e sempre será caracterizada pela verdade, respeito, amor e ética cristã, acolhendo e servindo a todos, sem discriminação de qualquer natureza, conforme ensina o Senhor Jesus Cristo, a quem o Mackenzie deseja dar a maior glória no ano que completa 150 anos de existência”, diz o chanceler do Mackenzie, reverendo Robinson Granjeiro.

Atualmente, além do Colégio Presbiteriano Mackenzie (CPM), que deu o pontapé inicial nesta história, a instituição também é a Universidade Presbiteriana Mackenzie (UPM), que conta com três campi, sem contar as Faculdades Presbiterianas Mackenzie, sediadas em Brasília, Rio de Janeiro e Curitiba. O Mackenzie conta ainda com dois hospitais, e outras três unidades, em Castro, no Paraná, em Palmas, no Tocantins, e em Dourados, no Mato Grosso do Sul.  


Notícias relacionadas