A Coordenadoria de Desenvolvimento e Inovação (CDI) é um órgão assessor da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PRPG) da Universidade Presbiteriana Mackenzie com o seguinte posicionamento estratégico:

Missão: Estruturar, fortalecer e gerenciar as ações institucionais associadas à inovação e empreendedorismo, promovendo impacto acadêmico, econômico e social com sustentabilidade.

Visão: Tornar a Universidade Presbiteriana Mackenzie referência em inovação e empreendedorismo em ambiente acadêmico não-público.

  1. Promover as atividades científico-tecnológicas voltadas para a inovação e o empreendedorismo da UPM.
  2. Contribuir com a excelência e expansão dos programas de pós-graduação e laboratórios de pesquisa da UPM por meio de parcerias com o setor produtivo.
  3. Promover e dar continuidade aos processos de formação e capacitação empreendedora e para inovação.
  4. Desenvolver e promover um ecossistema institucional para a criação e maturação de empreendimentos inovadores.
  5. Fortalecer a capacidade operacional, científica, tecnológica e administrativa da inovação e empreendedorismo da UPM.
  6. Definir os mecanismos e processos institucionais para a captação e gestão de recursos de parcerias estratégicas para inovação.
  7. Estabelecer parcerias com o setor produtivo tanto para a descoberta de problemas reais a serem resolvidos, quanto para o financiamento da pesquisa aplicada e inovativa.
  8. Difundir a cultura da inovação e empreendedorismo.
  9. Consolidar a política de proteção da Propriedade Intelectual, considerando parcerias externas dos setores industrial, comercial, de serviços, cultural e com o poder público.

Um esquema inicial do processo de inovação na universidade pode ser desmembrado nos seguintes passos: 1. Formação de cultura e competência para inovação e empreendedorismo (na comunidade interna de docentes e discentes, mas aberta para a comunidade, que pode vir a se tornar comunidade interna nesse processo); 2. Articulação com empresas para promoção de Parcerias Estratégicas para Inovação; 3. Geração, proteção e comercialização de Propriedade Intelectual; e 4. Criação de Empreendimentos Inovadores.

A CDI está dividida em três áreas com atuações complementares dentro do ecossistema de inovação e empreendedorismo, propondo mecanismos regulatórios, criando e fortalecendo o ecossistema de geração de empreendimentos inovadores, e estabelecendo uma interface com o setor produtivo para a inovação: Núcleo de Inovação Tecnológica (NIT); Setor de Parcerias Estratégicas para Inovação (PEI); e Sistema de Apoio ao Desenvolvimento de Empreendimentos Inovadores.

As principais entidades e associações às quais a CDI está associada ou faz parte são:

  • FORTEC: Fórum Nacional dos Gestores de Inovação e Transferência de Tecnologia.
  • ANPROTEC: Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores.
  • Rede Inova-SP: Rede Paulista de Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia.
  • Rede Paulista de Ambientes de Inovação.