Atualidades

Cultura e Arquitetura: contato que gera inovação

Renomado arquiteto japonês fala sobre sua experiência para alunos do Mackenzie

05.09.201915h00 Comunicação - Marketing Mackenzie

Compartilhe nas Redes Sociais

A Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU) da Universidade Presbiteriana Mackenzie (UPM) realizou, na quarta-feira, 04 de setembro, um encontro entre estudantes e o arquiteto japonês Junya Ishigami, que expôs suas experiências de nível internacional para uma plateia lotada no prédio da FAU, no campus Higienópolis. 

O profissional, que possui uma vasta experiência em diversas obras ao redor do mundo, explicou o processo de criação de alguns de seus trabalhos, como em igrejas, jardins e móveis. “Arquitetura moderna é algo diferente. É algo que precisamos estudar. Cada projeto tem uma complexidade e eu escolho os caminhos mais complexos”, afirmou Ishigami. 

A ideia do evento foi proporcionar ao público um contato com uma outra cultura e, portanto, com uma outra forma de se criar projetos arquitetônicos. “A gente sabe da importância de poder compreender a si mesmo melhor a partir do entendimento do outro. A troca entre culturas sempre será muito rica”, disse o professor da FAU, Cesar Iwamizu, que organizou o evento.

Para o aluno Rodrigo Cube, que está no quarto período do curso de Arquitetura da UPM, a palestra foi uma oportunidade para avaliar o uso que os profissionais da área fazem da própria cultura brasileira. “Com a visão sobre arquitetura contemporânea japonesa, é muito interessante ver como eles respeitam suas tradições e toda sua cultura. É legal pensar em como a arquitetura brasileira acaba trazendo a própria cultura, como a indígena, por exemplo”, declarou. 

“A arquitetura, dependendo do lugar onde se faz, tem uma estrutura diferente, que nasce daquela experiência. A cada novo lugar você tem novas oportunidades”, concluiu Junya Ishigami.