Compartilhe nas Redes Sociais

Atividades Acadêmicas

Estágios

O estágio representa a oportunidade de exercer atividades práticas, visando ao aprendizado de competências próprias da atividade profissional. No curso de Tecnologia em Gastronomia, o estágio é desenvolvido como atividade opcional, não obrigatória, acrescida à carga horária regular. Os alunos são estimulados a realizarem estágios em diferentes empreendimentos gastronômicos, bem como em áreas correlatas que abrangem a gastronomia, a fim de que possam aprimorar os seus conhecimentos teóricos e práticos sobre diferentes aspectos deste universo.

Atividades de Extensão

Os projetos de extensão são uma forma de criar oportunidades de interação entre docentes, discentes e a comunidade em geral. 

Tem como objetivo envolver docentes e discentes do Curso de Tecnologia em Gastronomia na realização de atividades de extensão universitária, contribuindo para a formação de excelência acadêmica e para o aperfeiçoamento da cidadania, visando, dentre outros resultados, estimular a elaboração de programas e/ou projetos de extensão; organizar eventos e cursos de interesse para a comunidade; propor ações que atendam às necessidades da comunidade; incentivar a busca de temas interdisciplinares.

São, ainda, realizadas ações para desenvolvimento de atitudes e valores orientados para a cidadania e para a solidariedade, que incluam a compreensão dos determinantes sociais, culturais, econômicos, comportamentais, ambientais e legais do exercício profissional do Tecnólogo em Gastronomia. 

Pesquisa / PIBIC

O Programa Institucional de Iniciação Científica se destina a complementar o ensino de graduação, oferecendo aos estudantes a oportunidade de participar de atividades práticas e teóricas, no ambiente de pesquisa, sob a orientação de um professor-pesquisador. No Curso de Tecnologia em Gastronomia, há estímulo incessante, por parte dos docentes, para que os alunos do Curso estejam aptos a desenvolver atividades de pesquisas cientificas e tecnológicas para o aprofundamento do próprio conhecimento e da área de atuação, contribuindo, dessa forma, para o seu enriquecimento pessoal e profissional, além de colaborar para o desenvolvimento científico e tecnológico do campo de conhecimento da gastronomia no cenário regional e nacional.