FAPESP


Chamada FAPESP Nº 16/2020 - Proposta Conjunta: Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação da Colômbia (MinCiencias) e FAPESP

Inscrições até: 17/08/2020

A FAPESP e o MinCiencias assinaram um Acordo de Cooperação visando estimular e fortalecer a colaboração entre pesquisadores do Estado de São Paulo e da Colômbia. Esta oportunidade está aberta para pesquisadores vinculados a Instituições de Ensino Superior e Pesquisa no Estado de São Paulo e para pesquisadores e Instituições de Pesquisa da Colômbia. Em termos de esforços de pesquisa, espera-se que as propostas sejam balanceadas entre as duas equipes, não especificamente em termos monetários, mas com comprometimento com a pesquisa e esforços equivalentes em ambos os lados. Cada proposta deve apresentar um projeto integrado de pesquisa, com os parceiros da Colômbia e do estado de São Paulo trabalhando em uníssono para executar um projeto de pesquisa conjunta. A pesquisa deverá ser desenvolvida concomitantemente no Estado de São Paulo e na Colômbia.

Edital FAPESP Nº 15/2020 – Chamada de Propostas PIPE - 3º Ciclo de Análise de 2020

Inscrições até: 20/07/2020

A FAPESP anuncia chamada de propostas em seu Programa FAPESP Pesquisa Inovativa em Pequenas Empresas (PIPE) onde os objetivos são apoiar a pesquisa em ciência e tecnologia como instrumento para promover a inovação tecnológica e o desenvolvimento empresarial, aumentar a competitividade das pequenas empresas, possibilitar que as empresas se associem a pesquisadores do ambiente acadêmico em projetos de pesquisa visando à inovação tecnológica e contribuir para a formação e o desenvolvimento de núcleos de desenvolvimento tecnológico nas empresas e para o emprego de pesquisadores no mercado de trabalho empresarial criando uma cultura permanente de inovação. As propostas de financiamento devem conter projetos de pesquisa que podem ser desenvolvidos em duas etapas: Fase 1: demonstração da viabilidade tecnológica de um produto ou processo, com duração máxima de 9 meses e recursos de até R$ 200 mil. Fase 2: desenvolvimento do produto ou processo inovador, com duração máxima de 24 meses e recursos de até R$ 1 milhão. (Quando os proponentes já tiverem realizado atividades tecnológicas que demonstrem a viabilidade do projeto podem submeter propostas diretamente à Fase 2). Podem apresentar propostas pesquisadores vinculados a empresas de pequeno porte (com até 250 empregados) com unidade de P&D no Estado de São Paulo; Empresas ainda não constituídas formalmente podem apresentar propostas na condição de “empresa a constituir”, devendo essa formalização ocorrer após a aprovação da proposta e antes da celebração do Termo de Outorga; O pesquisador proponente deverá demonstrar conhecimento e competência técnica no tema do projeto, mas não é exigido nenhum título formal (seja de graduação ou pós-graduação). A empresa deverá comprometer-se a oferecer condições adequadas para o desenvolvimento do projeto de pesquisa durante o período de sua execução e em envidar os melhores esforços para a comercialização bem-sucedida dos resultados. A FAPESP divulgará o resultado (aprovação ou não) enviando a cada proponente os pareceres técnicos dos avaliadores. Os pareceres podem ser úteis para o aperfeiçoamento da proposta, seja ela aprovada ou não. Em caso de não aprovação o proponente poderá aperfeiçoar a proposta corrigindo as falhas apontadas e submeter nova solicitação em edital subsequente. A FAPESP reservou até R$ 15 milhões para atendimento às propostas consideradas meritórias neste edital.

Edital FAPESP 05/2020 – Terceira Chamada de Propostas PITE-SABESP

Inscrições até: 11/09/2020

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo, FAPESP, e a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo, SABESP, tornam pública a Terceira Chamada de Propostas de Pesquisa e convidam os pesquisadores interessados, de comprovada competência científica e tecnológica, vinculados a instituições de ensino superior e de pesquisa, públicas e privadas, no Estado de São Paulo, a apresentarem propostas de projetos de pesquisa no âmbito do Acordo de Cooperação firmado entre a FAPESP e a SABESP. O setor de saneamento apresenta algumas características estruturais que ajudam a explicar seus níveis atuais de capacidade tecnológica e, ao mesmo tempo, indicar oportunidades de inovação fortemente atrelado ao setor público (na prestação de serviços (motivações sociais); no financiamento de atividades; na gestão, controle e fiscalização); Setor regulado; Caracterizado por Economia de escala; Investimentos intensivos e elevados; Baixa colaboração da cadeia do setor; Longo período de maturação (Trajetórias Tecnológicas de Longo Prazo); Predomínio de Inovações Incrementais; Dominado pelos fornecedores de materiais, serviços e equipamentos - “Supplier dominated”(inovação principalmente por compra de equipamentos e materiais; investimento “in-house” em Pesquisa e Desenvolvimento reduzido). A ampliação da capacitação e da densidade do conhecimento científico e tecnológico em temas de interesse do setor de saneamento é um fator essencial para subsidiar as inovações no setor. A SABESP, sendo empresa líder em saneamento no Estado de São Paulo e protagonista histórica da modernização tecnológica e inovação no setor, tem naturalmente o papel de agente indutor de projetos de pesquisa que produzam conhecimento e tecnologias que apontem para a ampliação da eficiência operacional do ciclo de saneamento; o desenvolvimento e integração de esforços de inovação; novas oportunidades. O objetivo da SABESP e da FAPESP nesta Chamada é selecionar e apoiar projetos de pesquisa em parceria com instituições de pesquisa paulistas que forneçam resultados consistentes, a partir de problemas formulados cientificamente, para os desafios tecnológicos que atualmente impeçam ou dificultem a modernização tecnológica do setor de saneamento. A SABESP encoraja a proposição de projetos de pesquisa orientados a situações reais de aplicação, com testes e intervenções em suas unidades operacionais, plantas piloto in situ e unidades de demonstração em escala real ou próxima da real.

Edital FAPESP 61/2019 - Propostas FAPESP/MCTIC/CGI.BR para Centros de Pesquisas Aplicadas em Inteligência Artificial

Inscrições até: 20/07/2020

O  Ministério de Estado da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), FAPESP e o Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br), no âmbito do Convênio de Cooperação Científica e Tecnológica propõem-se a fomentar a criação de 4 (quatro) Centros de Pesquisas Aplicadas (CPA) em Inteligência Artificial (IA) para o desenvolvimento de pesquisas científicas, tecnológicas e de inovação, aplicadas e orientadas à resolução de problemas com IA, por um período de 5 anos podendo ser renovados por mais 5 anos, totalizando até 10 anos, de acordo com os resultados mensurados. Acredita-se que a IA seja uma tecnologia transformadora e que por meio dela seja possível gerar soluções ou sistemas disruptivos com potencial para: revolucionar como nós vivemos, interagimos, trabalhamos, aprendemos, evoluímos e nos comunicamos; propiciar benefícios socioeconômicos para a sociedade; melhorar qualidade de vida; alavancar a prosperidade econômica e resolver grandes problemas que não tem soluções hoje. IA está presente em diversas aplicações atuais (reconhecimento facial, varejo, robôs, análise de crédito, saúde, financeira, jurídica, indústria, entre outras) e estará presente em muitas outras aplicações em um futuro breve.

Chamada FAPESP 48/2019 - Proposta FAPESP/Global Alliance for Chronic Disease – GACD “Prevenção primária e secundária para câncer”

Inscrições até: 30/07/2020

As propostas devem se concentrar na pesquisa de implementação para a prevenção primária e secundária de câncer, em países de baixa e média renda e/ou em populações que enfrentam condições de vulnerabilidade em países HICs. As propostas de pesquisa científica devem propor intervenções baseadas em evidências (incluindo a relação custo-eficácia) para os respectivos grupos populacionais, em circunstâncias contextuais definidas. Para intervenções promissoras, um período de validação limitado pode ser considerado. No entanto, o núcleo das atividades de pesquisa deve se concentrar em sua implementação em contextos reais. As intervenções propostas devem ser sensíveis à questão de gênero. O objetivo deve ser adaptar e ampliar a implementação dessas intervenções de forma acessível e equitativa, a fim de melhorar a prevenção e o diagnóstico precoce do câncer em situações da vida real. As intervenções devem satisfazer as condições e os requisitos do contexto local do sistema de saúde e social, bem como abordar quaisquer outros fatores contextuais identificados como possíveis barreiras.

FAPESP/RCUK

Fluxo Contínuo

O acordo de cooperação entre a FAPESP e os Conselhos de Pesquisa (Research Councils) do Reino Unido (RCUK, na sigla em inglês) tem como objetivo apoiar o desenvolvimento de projetos conjuntos de pesquisa propostos por pesquisadores vinculados a instituições de pesquisa do Reino Unido e do Estado de São Paulo.

FAPESP-BBSRC Pump-Priming Award (FAPPA)

Fluxo Contínuo

Visa estimular a colaboração científica entre pesquisadores do Reino Unido e do Estado de São Paulo, através de mecanismos de colaboração de curto prazo. Neste caso, o financiamento deve ser direcionado a atividades de mobilidade e intercâmbio, como diárias de viagens e workshops. A Chamada FAPPA receberá propostas em todos os temas científicos das ciências biológicas e biotecnologia, mas propostas nos temas segurança alimentar, bioenergia ou biotecnologia industrial terão prioridade.

25/2017 Programa de Apoio a Núcleos de Excelência

Fluxo Contínuo

O objetivo é selecionar e apoiar Propostas na modalidade Auxílio à Pesquisa - Projeto Temático, em temas relacionados às mais diversas áreas do conhecimento, em consonância com os objetivos do Programa Núcleos de Excelência - PRONEX do CNPq, que visa contribuir para consolidar o processo de desenvolvimento científico-tecnológico brasileiro. Apoio: FAPESP e CNPq.

Bolsa de Iniciação Científica

Fluxo Contínuo

Destina-se a alunos de graduação em instituições de ensino superior localizadas no Estado, para desenvolvimento de pesquisa científica (IC) ou tecnológica (IT) sob a direção de um orientador com título de doutor ou qualificação equivalente, avaliado por sua súmula curricular. O aluno já deve ter concluído um número suficiente de disciplinas relevantes para o desenvolvimento do projeto de pesquisa.


Bolsa Jovens Pesquisadores

Fluxo Contínuo

A finalidade do Programa Jovens Pesquisadores em Centros Emergentes (JP-FAPESP) é possibilitar a criação adequada de oportunidade de trabalho para jovem pesquisador ou grupo de jovens pesquisadores de grande potencial, de preferência em centros emergentes de pesquisa.


Bolsa de Mestrado

Fluxo Contínuo

A Bolsa de Mestrado da FAPESP destina-se a alunos regularmente matriculados em programas de pós-graduação stricto sensu de instituições Públicas ou privadas do Estado de São Paulo para o desenvolvimento de projeto de pesquisa que resulte em dissertação. O orientador deve ter título de doutor ou qualificação equivalente, avaliada por sua súmula curricular. A responsabilidade pelo projeto cabe principalmente ao orientador, mas o candidato deve participar intensamente de sua elaboração e estar capacitado para discuti-lo e analisar os resultados.


Bolsa de Doutorado

Fluxo Contínuo

A Bolsa de Doutorado da FAPESP destina-se a alunos regularmente matriculados em programas de pós-graduação stricto sensu de instituições Públicas ou privadas do Estado de São Paulo para o desenvolvimento de projeto de pesquisa que resulte em tese. O orientador deve ter título de doutor ou qualificação equivalente, avaliada por sua súmula curricular. A responsabilidade pelo projeto cabe principalmente ao orientador, mas o candidato deve participar intensamente de sua elaboração e estar capacitado para discuti-lo e analisar os resultados.


Bolsa de Doutorado Direto

Fluxo Contínuo

A Bolsa de Doutorado Direto da FAPESP se destina a alunos regularmente matriculados em programas de pós-graduação stricto sensu de instituições públicas ou privadas do Estado de São Paulo, sem o título de mestre, para o desenvolvimento de projeto de pesquisa que resulte em tese. O orientador deve ter título de doutor ou qualificação equivalente, avaliado por sua súmula curricular. A responsabilidade pelo projeto cabe principalmente ao orientador, mas o candidato deve participar intensamente de sua elaboração e estar capacitado para discuti-lo e analisar os resultados.


Bolsa de Pós-Doutorado

Fluxo Contínuo

A Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP tem por objetivo criar as condições para a incorporação temporária a grupos de pesquisa ativos no Estado de São Paulo de cientistas muito promissores, que tenham obtido o título de doutor há menos de 7 (sete) anos e que sejam aprovados no rigoroso processo de seleção da FAPESP.


Bolsa Estágio de Pesquisa no Exterior (BEPE)

Fluxo Contínuo

Apoiar a realização de estágios de pesquisa de curta e média duração, por bolsistas da FAPESP de Iniciação Científica, Mestrado, Doutorado/Doutorado Direto e Pós-Doutorado, no exterior. O estágio de pesquisa no exterior é obrigatoriamente parte integrante de bolsa de pesquisa no país, não podendo ser solicitado independentemente. Esse apoio se dará na forma da concessão de Bolsas Estágio de Pesquisa no Exterior, com duração variável, de acordo com a modalidade de bolsa usufruída pelo candidato.


Bolsa de Pesquisa no Exterior (BPE)

Fluxo Contínuo

A bolsa é concedida a pesquisador com título de doutor ou qualificação equivalente, comprovada por sua súmula curricular, para a realização de atividades de pesquisa em instituição no exterior.


Bolsa de Jornalismo Científico

Fluxo Contínuo

O Programa José Reis de Incentivo ao Jornalismo Científico (Mídia Ciência) foi lançado em outubro de 1999 para estimular a formação de profissionais capazes de lidar com informação sobre ciência e tecnologia na grande imprensa, na imprensa especializada, na internet ou em áreas de comunicação de instituições de ensino e pesquisa.


Bolsa Ensino Público

Fluxo Contínuo

O Programa de Melhoria do Ensino Público da FAPESP apoia pesquisas que tenham como objetivo contribuir para a melhoria da qualidade do ensino público no Estado de São Paulo.


Participação em Reunião Científica e/ou Tecnológica

Fluxo Contínuo

O auxílio destina-se a financiar parcialmente a participação de pesquisadores do Estado de São Paulo em reuniões científicas ou tecnológicas, no Brasil ou no exterior, para a apresentação de trabalho de sua autoria, não publicado, resultado de projeto de pesquisa financiado pela FAPESP, que exponha resultados inéditos de pesquisa.


Organização de Reunião Científica e/ou Tecnológica

Fluxo Contínuo

Destina-se a alunos de graduação em instituições de ensino superior localizadas no Estado, para desenvolvimento de pesquisa científica (IC) ou tecnológica (IT) sob a direção de um orientador com título de doutor ou qualificação equivalente, avaliado por sua súmula curricular. O aluno já deve ter concluído um número suficiente de disciplinas relevantes para o desenvolvimento do projeto de pesquisa.


Publicações

Fluxo Contínuo

O auxílio oferece financiamento para a publicação de periódicos, artigos e livros que exponham resultados originais de pesquisa realizada por pesquisador com título de doutor ou qualificação equivalente, vinculado a instituição de ensino superior e pesquisa, pública ou privada, no Estado de São Paulo.


Pesquisador Visitante

Fluxo Contínuo

O auxílio Pesquisador Visitante destina-se a cobrir, total ou parcialmente, as despesas referentes à visita de pesquisador experiente, vinculado a instituição de pesquisa do exterior ou do Brasil a uma instituição de pesquisa no Estado de São Paulo, por um período contínuo e não superior a um ano. O objetivo principal é viabilizar a colaboração entre pesquisadores no desenvolvimento de projetos de pesquisa em andamento, ou a ponto de serem iniciados, na instituição anfitriã.


Auxílio à Pesquisa – Regular

Fluxo Contínuo

O auxílio Regular oferece financiamento para projetos de pesquisa individuais a serem desenvolvidos sob a responsabilidade de um Pesquisador Responsável com título de doutor ou qualificação equivalente avaliada por sua súmula curricular, vinculado a entidades de ensino superior e pesquisa, públicas ou privadas, no Estado de São Paulo.


Projeto Temático

Fluxo Contínuo

A modalidade Projeto Temático destina-se a apoiar propostas de pesquisa com objetivos suficientemente ousados, que justifiquem a duração de até cinco anos e as condições especialmente favorecidas de apoio e financiamento, incluindo a possibilidade de concessão de solicitações complementares vinculadas ao projeto.


Reparo de Equipamentos

Fluxo Contínuo

O auxílio destina-se a reparo de equipamento relevante para a execução de projeto de pesquisa em instituição no Estado de São Paulo.


FAPESP/BBSRC Pump-Priming Award (FAPPA)

Fluxo Contínuo

O objetivo da chamada é propiciar um mecanismo de curto prazo para apoiar o desenvolvimento de novas parcerias entre grupos de pesquisa do Estado de São Paulo, financiados pela FAPESP, e grupos de pesquisa patrocinados pelo BBSRC, no Reino Unido.


40/2016 - DFG Research Grant

Fluxo Contínuo

The joint proposal must have two principal investigators, one in São Paulo and one in Germany. They will be the central contact for the project management towards FAPESP and DFG, respectively. The proposal must be written in English.


41/2016 - DFG/Fapesp Coordinated Programmes

Fluxo Contínuo

FAPESP and DFG offer funding for bilateral jointly coordinated programmes, such as bilateral research training groups, research units as well as collaborative research centres. Groups of researchers from Germany and from the State of São Paulo, Brazil, wishing to perform a coordinated project within those funding lines should follow the description of the joint programme below and the guidelines of the respective programmes at DFG and FAPESP. All programmes follow a 2-stage procedure on the basis of a draft proposal and a full proposal at DFG.


42/2015 - EU-Brazil on Advanced Lignocellulosic Biofuels

Fluxo Contínuo

Horizon 2020 (H2020) is the European Union Research and Innovation program offering nearly € 80 billion of funding over 7 years (2014 to 2020). H2020 proposals can include researchers, academic and non-academic institutions (including enterprises) from countries outside the European Union (EU). However, while the EU will fund the participation of partners from EU enlargement and neighboring countries and from developing countries, it does not automatically fund the partners from industrialized countries and emerging economies such as Brazil. Proposal must be written in English.


CONSITEC - Consórcios Setoriais para Inovação Tecnológica

Fluxo Contínuo

O Consórcios Setoriais para Inovação Tecnológica (ConSITec) foi criado em 2000 com o objetivo de estimular a colaboração entre grupos de pesquisa ligados a instituições paulistas e aglomerados de empresas de um mesmo setor para resolver problemas tecnológicos de interesse comum. As propostas de pesquisa devem permitir interação abrangente e sustentável por prazos mais dilatados. O programa oferece auxílios para a implantação e modernização da infraestrutura de laboratórios de grupos voltados para a pesquisa tecnológica instalados em uma ou mais instituições de pesquisa e também concede auxílios individuais a pesquisadores.


PITE-FAPESP - Programa de Apoio à Pesquisa em Parceria para Inovação Tecnológica 

Fluxo Contínuo

O Programa de Apoio à Pesquisa em Parceria para Inovação Tecnológica (PITE) destina-se a financiar projetos de pesquisa em instituições acadêmicas ou institutos de pesquisa, desenvolvidos em cooperação com pesquisadores de centros de pesquisa de empresas localizadas no Brasil ou no exterior e cofinanciados por estas. O Programa tem como objetivo intensificar o relacionamento entre universidades/institutos de pesquisa e empresas, por meio da realização de projetos de pesquisa cooperativos e cofinanciados.


Programa de Pesquisa em Políticas Públicas

Fluxo Contínuo

O Programa de Pesquisa em Políticas Públicas destina-se à apoiar projetos de pesquisa aplicada que visem a produção e a sistematização de conhecimentos diretamente relevantes para a formulação e a implementação de políticas públicas de significativa importância social, desenvolvidos em parceria com as instituições responsáveis pela sua implementação, cujos resultados tenham impacto no Estado de São Paulo. O programa reúne Institutos de Pesquisa, Universidades e organismos do Setor Público Estadual (Secretarias Estaduais e Municipais, Empresas Estatais e Prefeituras), do Setor Público Federal e organismos do Terceiro Setor (Fundações e Organizações Não Governamentais).