Sérgio Milliet e a metrópole paulistana

Sérgio Milliet e a metrópole paulistana

História e FilosofiaArquiteturaAcademack

Patricia Cecilia Gonsales

 

 


Sérgio Milliet flanou pelos temas da cultura popular e erudita marcando sua atuação com espírito cético, inspirado em Montaigne, mas, sobretudo, crítico. Esta obra descreve as ações de Milliet para a democratização da arte e da cultura na cidade de São Paulo, de 1920 a 1958, período intenso no cenário cultural da cidade do qual ele participou ativamente.

Ligado ao grupo de Mário de Andrade, Milliet participou de iniciativas como a fundação da Escola de Sociologia e Política e da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, da Universidade de São Paulo. Esteve à frente da administração da Biblioteca Municipal por mais de uma década, foi um importante articulador para a fundação do Museu de Arte Moderna de São Paulo e diretor artístico de três edições da Bienal de Arte Moderna de São Paulo.

Nas páginas do seu Diário crítico, Milliet apresenta sua visão da cidade, com reflexões e lucidez que nos convidam a pensar sobre a vida nas metrópoles modernas.

Clique aqui para ler um trecho do livro.

Ano: 2016

ISBN: 9788582935255

Dimensões: 15 x 20 cm

Qtd. páginas: 244

 

Compartilhe nas Redes Sociais