ChancelariaOuvidoriaUniversidadeWebmail
Imprimir a página Procura no Site Mapa do Site
Selecione a unidade:
Matrícula:
Senha:

Mestrado/Doutorado em Arquitetura e Urbanismo

Mestrado Acadêmico recomendado pela CAPES em 22/09/2000, CAA/CTC/207.
Doutorado recomendado pela CAPES em 07/02/2006, de acordo com ofício nº 173_13_2006/CTC



Edifício Cristiano Stockler das Neves - Prédio do Curso de Arquitetura e Urbanismo da UPM - Campus São Paulo


Contato

Coordenadora: Profª. Drª. Eunice Helena S. Abascal
Endereço: Rua Itambé, 135 – Prédio 09 - Térreo - São Paulo, SP
Telefone: (11) 2114-8792
E-mail: pos.fau@mackenzie.br

Histórico do Curso

O Programa de Pós-Graduação "Stricto Sensu" em Arquitetura e Urbanismo com Mestrado desde 2000 e Doutorado desde 2006, configura-se como um curso superior consolidado, oferecendo um espaço de formação suplementar para a capacitação e aprimoramento de novos pesquisadores e docentes, disseminando conhecimento em bases científicas de modo a garantir a qualidade ao ensino e à pesquisa, com efeito multiplicador na qualidade da Arquitetura e Urbanismo.

Possui uma concepção de ensino e pesquisa que deriva do papel destacado que o curso de Arquitetura e Urbanismo Mackenzie (FAU-Mackenzie) vem desempenhando no panorama arquitetônico brasileiro desde sua fundação em 1947; além da tradição da Universidade Mackenzie, um dos mais antigos centros de ensino superior do país.

No âmbito da Pós – Graduação, docentes arquitetos e urbanistas de destaque na profissão, traço característico da FAU – Mackenzie, integram-se a docentes pesquisadores tendo em vista conciliar  a vocação acadêmica com a reflexão sobre o campo profissional. Alia-se ao mesmo tempo, a característica na formação em projeto de arquitetura e de urbanismo e a pesquisa acadêmica nesta área de conhecimento. 

O Programa é estruturado por duas linhas de pesquisa: Arquitetura Moderna e Contemporânea: Representação e Intervenção; Urbanismo Moderno e Contemporâneo: Representação e Intervenção. Estas linhas articulam a as disciplinas curriculares  cujos conteúdos desenvolvidos organizam-se em um esquema global e se relacionam por meio de interfaces presentes com os projetos de pesquisa em desenvolvimento.

Objetivo

O PPGAU – Mackenzie tem como objetivos fundamentais a reflexão e a produção de conhecimento sobre o projeto de Arquitetura e Urbanismo, visando a produção e a difusão deste conhecimento, científico e profissional, bem como a formação de recursos humanos para a pesquisa e docência nesta área do saber. Tem  um compromisso voltado ao ensino, à pesquisa e à profissão, buscando desenvolver no aluno a capacidade de reflexão crítica que aproxima, por um lado, teoria e prática, e, por outro, os processos socioculturais que produzem a arquitetura e a cidade.

Possui uma área de concentração - Projeto de Arquitetura e Urbanismo – e duas linhas de pesquisas: 1) Arquitetura Moderna e Contemporânea: Representação e Intervenção 2) Urbanismo Moderno e Contemporâneo: Representação e Intervenção. 



Público Alvo

Arquitetos, urbanistas e demais profissionais de áreas afins.

Pré-Requisitos (Doutorado)

Os candidatos ao Curso de Doutorado do Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo deverão ter obtido previamente o título de Mestre por programa recomendado pela CAPES e, no ato da inscrição, deverão anexar à ficha de inscrição um Projeto de Tese de Doutorado e demais documentos exigidos no processo seletivo.

Duração do Curso

Mestrado: O curso de Mestrado tem a duração de 24 meses, subdivididos em 4 semestres letivos. Nestes, os mestrandos perfazem um total de 42 créditos, cursando as 3 (três) disciplinas obrigatórias e 3 (três) optativas, além de um conjunto de 4 (quatro) atividades programadas.
O aluno deve concentrar as atividades curriculares no primeiro ano do curso, completando todos os créditos em disciplinas e atividades programadas.
 Nos 3º e 4º semestres, o aluno deverá dedicar-se à sua pesquisa e elaboração da dissertação. Até o final do 3º semestre o aluno deverá entregar o Memorial do Exame de Qualificação. A Dissertação de Mestrado deverá ser depositada na Secretaria até o final do 4º semestre, nos prazos determinados pelo regulamento do curso.

Doutorado: O curso de Doutorado tem a duração de 42 meses, subdivididos em 7 semestres letivos.  Os doutorandos perfazem um total de 62 créditos, cursando 1(uma) disciplina obrigatória e 3 (três) optativas, além de um conjunto de 5(cinco) atividades programadas. As disciplinas optativas devem ser cursadas no primeiro e no segundo semestres letivos e as atividades programadas obrigatórias devem ser cursadas do 1º ao 4º semestre.  O depósito do Memorial do Exame de Qualificação deverá ocorrer até o 2&º mês do curso e o depósito da Tese de Doutorado até o final do 7º semestre do curso, segundo prazos especificados no Regulamento e na Secretaria de Pós - Graduação.
As  disciplinas  optativas,  pertinentes aos dois cursos,  em um total de 17, são oferecidas de modo alternado  a cada semestre letivo e de modo equilibrado por Linha de Pesquisa, procurando abarcar as especificidade das pesquisas em andamento. As disciplinas optativas ocorrerão desde que haja um mínimo de 5 (cinco) alunos regularmente inscritos.

Atividades Programadas:
MESTRADO
O Curso de Mestrado possui ainda créditos destinados à atividades programadas, a saber:
- 04 (quatro) Unidades de Crédito destinados à:

• Metodologia Científica Aplicada à Arquitetura e ao Urbanismo:
  a atividade é  oferecida no 1º semestre ao longo semestre (12 encontros), com vistas à  aprofundar os projetos de pesquisa do Mestrado.

- 2 (duas) unidades de Créditos serão destinadas à:

• Jornada de Comunicação Discente
: oficina de trabalho conjunta entre discentes, docentes, incluindo professores de outras instituições que promove o intercâmbio institucional com apresentação e discussão de pesquisas desenvolvidas pelos discentes.

• Leituras Obrigatórias: a atividade procura consolidar um quadro referencial teórico comum entre professores orientadores e alunos ocorrendo em forma de um evento especifico  organizado a partir de uma bibliografia básica, uma agenda de discussões.
- 02 (duas) unidades de Créditos correspondem à:

• Atividade programada obrigatória de produção científica:
a atividade programada obrigatória, denominada Produção Científica  envolve a publicação de um artigo em periódico científico qualificado e arbitrado,  ou  forma de capitulo de livro, apresentação seguido de publicação de trabalho em  evento de caráter científico (seminário, congresso ou encontro) qualificado e arbitrado.

DOUTORADO

- 16 (dezesseis) Unidades de Crédito destinados à:

• Seminários de elaboração de tese:
São quatro as atividades programadas obrigatórias denominadas Seminário de Teses, com 04 (quatro) unidades de credito cada,  que ocorrem  entre os primeiro, segundo, terceiro e  quarto semestres letivos, respectivamente. O objetivo é que os alunos se insiram em grupos de estudo, promovam leituras programadas e desenvolvam debates com professores, profissionais convidados e colegas, apresentando, discutindo e criticando os aspectos teóricos, conceituais, temáticos e metodológicos de seus projetos de pesquisa.

- 04 (quatro) Unidades de Crédito destinados à:

• Atividade programada obrigatória de produção científica:
A atividade programada obrigatória, denominada Produção Científica, valendo 4 (quatro) unidades de crédito, envolve a apresentação e publicação de dois artigos em periódico científico qualificado e arbitrado,  ou em forma de artigos de livro ou obra integral,  ou, a critério do orientador, trabalhos completos apresentados e publicados em eventos de caráter científico (seminário, congresso ou encontro) qualificados e arbitrados.

Atividades Programadas

Mestrado

• Jornada de Comunicação Discente: oficina de trabalho conjunta entre discentes, docentes, incluindo professores de outras instituições que promove o intercâmbio institucional com apresentação e discussão de pesquisas desenvolvidas pelos discentes.

• Leituras Obrigatórias: a atividade procura consolidar um quadro referencial teórico comum entre professores orientadores e alunos ocorrendo em forma de um evento especifico  organizado a partir de uma bibliografia básica, uma agenda de discussões.

• Metodologia Científica Aplicada à Arquitetura e ao Urbanismo:  a atividade é  oferecida no 1º semestre ao longo semestre (12 encontros), com vistas à  aprofundar os projetos de pesquisa do Mestrado.

• Atividade programada obrigatória de produção científica: A atividade programada obrigatória, denominada Produção Científica, valendo 4 (quatro) unidades de crédito, envolve a apresentação e publicação de um artigo em periódico científico ou em anais de evento de caráter científico (seminário, congresso ou encontro), podendo ser individual ou em co-autoria.

Doutorado

• Seminários de elaboração de tese: São quatro as atividades programadas obrigatórias de elaboração de tese, para os alunos de doutorado que ocorrem  no segundo, terceiro, quarto e quinto semestres letivos, respectivamente. No sexto semestre dedicado totalmente à pesquisa, desenvolvimento e fechamento da tese junto ao orientador. O objetivo é que os alunos se insiram em grupos de estudo, promovam leituras programadas e desenvolvam debates com professores, profissionais convidados e colegas, apresentando, discutindo e criticando os aspectos teóricos, conceituais, temáticos e metodológicos de seus projetos de pesquisa.

• Atividade programada obrigatória de produção científica: A atividade programada obrigatória, denominada Produção Científica, valendo 4 (quatro) unidades de crédito, envolve a apresentação e publicação de dois artigos em periódico científico ou em anais de evento de caráter científico (seminário, congresso ou encontro), podendo ser individual ou em co-autoria.

Horário das Aulas

Disciplinas Obrigatórias, Optativas letivas e Atividades Programadas: de 2ª a 5ª feira, das 19h às 22h40min;  terças e quintas das 14hs às 17:40hs .   As disciplinas obrigatórias concentram-se às 2ª e 5ª feiras. Algumas disciplinas optativas são oferecidas nos períodos da tarde, ficando a escolha a  critério do aluno, e ou por recomendação de seu orientador.  As atividades programadas obrigatórias terão calendário definido pela Coordenação em semanas especiais no curso, procurando respeitar os horários das aulas no período noturno.

Áreas de Concentração

PROJETO DE ARQUITETURA E URBANISMO

A Área de Concentração do Programa - Projeto de Arquitetura e Urbanismo - envolve a reflexão sobre o projeto arquitetônico e urbanístico em suas várias dimensões, limites e potencialidades. Em face da contínua transformação do campo de atuação do arquiteto e urbanista investigam-se as experiências, modernas e contemporâneas, relacionadas às novas problemáticas projetuais da arquitetura e do urbanismo.


Linhas de Pesquisa

Arquitetura Moderna e Contemporânea: Representação e Intervenção:  - concentra-se na construção de conhecimento sobre os referenciais específicos do projeto de arquitetura, sua evolução histórica e interpretações modernas e contemporâneas.  Os objetivos são: reflexão e a investigação indispensável ao ato de projetar, valorizando o repertório arquitetônico e as mutações nos processos metodológicos de criação e ensino frente às transformações e a revisão das práticas tradicionais de ensino do projeto; e o estudo crítico das distintas metodologias e estratégias projetuais contemporâneas, face às transformações tecnológicas, técnicas, culturais e sociais.  A Linha articula pesquisas relacionadas à compreensão e análise crítica da produção arquitetônica Moderna e Contemporânea, abordando temas como metodologia de projeto, tecnologia, métodos construtivos, novos meios de representação e ensino de Arquitetura, arquitetura e modernização no Brasil, arquitetura e sustentabilidade, etc.

Urbanismo Moderno e Contemporâneo: Representação e Intervenção:  busca ampliar o conhecimento sobre o processo de produção do espaço urbano e da cidade, enfocando os projetos e  intervenções urbanísticas modernos e contemporâneos, com ênfase nos problemas emergentes e nas soluções atuais, numa perspectiva transformadora.  Dentro do debate urbanístico recente, que se caracteriza pelo surgimento de novas matrizes teóricas e novos instrumentos, a linha valoriza a discussão sobre os processos de produção do espaço construído e não construído, seus agentes, o projeto de urbanismo e seu papel na intervenção, aliada à questão da sustentabilidade. A Linha aborda temas vinculados ao estudo e análise crítica das transformações da cidade contemporânea, como projetos urbanos, patrimônio cultural e intervenção em centros históricos e áreas degradadas,  ambiente e sustentabilidade urbana, política urbana e planos urbanísticos e historiografia do urbanismo moderno e contemporâneo brasileiro, urbanização e meio ambiente, etc.