Análise do Movimento Metabolista Japonês - Objeto de estudo da Torre Cápsula, do Arquiteto Kurokawa

Jessica ALine Tardivo, Tatiane Tatiane Moreira

Resumo


Esta pesquisa pretende introduzir uma analise ainda que breve do movimento metabolista que se desenvolveu no Japão na segunda metade do século XX. São apresentadas as características desse movimento, para em seguida analisa a torre capsula projetada pelo arquiteto Kurokama. A luta do Japão para encontrar uma nova identidade arquitetônica depois das explosões de Hiroshima e Nagasaki foi dolorosa até o inicio dos anos 60, a influencia sobre a nova geração de arquitetos ate então era Le Corbusier, através de Kenzo Tange e Tadao Ando,foi nesse período que um grupo de jovens arquitetos e críticos surgiu como uma espécie de filosofia que fundou novas ideias tiradas do design tradicional japonês, da arquitetura pop e de Le Corbusier e deram a esta o nome de Metabolismo. O nome metabolismo pretendia sugerir uma abordagem biológica do design, nos edifício e cidades que cresciam para fazer frente às novas exigências de uma maneira paralela a natureza, fazendo uso pleno das mais recentes e inovadores tecnologias de construção e formas de comunicação. O movimento exibiu de inicio uma serie de projetos imaginários e sobre esta fase o trabalho discorre tendo como objeto de estudo a Torre-cápsula, do arquiteto Kurokawa, uma das únicas construções concluídas.


Palavra Chave: Pós Modernismo.; Metabolismo Japonês; Torre-cápsula

Palavras-chave


Pós Modernismo.; Metabolismo Japonês; Torre-cápsula

Texto completo: PDF