ChancelariaOuvidoriaUniversidadeWebmail
Imprimir a página Procura no Site Mapa do Site
Selecione a unidade:
Matrícula:
Senha:

Doutorado em Administração de Empresas

Microeconomia

Ementa:

A disciplina estará voltada para a análise da firma na teoria neoclássica e paradigmas alternativos à microeconomia tradicional. Para uma melhor compreensão dos modelos alternativos é imprescindível o conhecimento da microeconomia neoclássica.
Abordaremos três tópicos:

  1. Abordagem microeconômica para a firma na teoria neoclássica (-ocupará a parte inicial das 9 sessões com a leitura dos capítulos do livro Microeconomics for Managers de David M. Kreps dedicados à firma. Alunos que tenham conhecimento intermediário poderão explorar o livro avançado do mesmo autor). Ênfase especial será dada aos capítulos que exploram a análise marginal (Chapter 3), canais de distribuição (Chapter 6), tecnologia e funções de custo (Chapter 9), competição perfeita (Chapter 11), eficiência de mercado (Chapter 12), aversão ao risco e utilidade esperada (Chapter 15), compartilhamento de risco (Chapter 17), incentivos (Chapter 19), análise das cinco forças de Porter (Chapter 20), e economia dos custos de transação (Chapter 24).
    Serão lidos alguns textos, por sugestão do professor, que explorem os tópicos abordados na teoria.
  2. aplicação prática da teoria neoclássica: o mestrado implica uma aplicação prática da teoria, na forma de hipóteses a serem testadas. Na segunda parte da aula vamos explorar capítulos do livro The Economics of Competition de George G. Djolov, para se familiarizar com as estruturas de mercado e aplicações práticas do referencial teórico neoclássico.
  3. A análise da firma na RBV, enfoque comportamental, e enfoque evolucionário. Especial ênfase será dada ao enfoque behaviorista com a leitura de textos de três de seus mais expressivos defensores, Philip Bromiley e Cyert&March e a teoria da RBV.


 

Bibliografia:

BARNEY, J. B. Gaining  and Sustaining Competitive Advantage, Prentice Hall, Upper Saddle River, 2007.
BESANKO, D. et al. Economia da estratégia. 3rd ed. Porto Alegre: Bookman, 2005
BESANKO, D.; BRAEUTIGAM, R.R. Microeconomia: Uma abordagem completa. Rio de Janeiro: LTC Editora, 2004
BESANKO, D.; DRANOVE, D.; SHANLEY, M.; SCHAEFER, S. Economics of strategy. 4th ed., New York: John Willey&Sons, 2007.
BROMILEY, P. The behavioral foundations of strategic management. Oxford: Blackwell Publishing, 2005.
COLEMAN, L.  Why managers and companies take risks. New York: Physica-Verlag, 2006.
CYERT, RICHARD M. & MARCH,JAMES G.;  A behavioral theory of the firm, Massachusetts: Blackwell, 1992.
DYER, J.; SINGH, H. The relational view: Cooperative strategy and sources of interorganizational competitive advantage. The Academy of Management Review. v. 23, n. 4, p. 660-679, Oct 1998.
DJOLOV, G.G. The economics of competition. New York: The Haworth Press, 2006
EATWELL J.; MILGATE M.; NEWMAN P. (eds) The new Palgrave: A dictionary of economic theory and doctrine, Vol.1. London: Macmillan, 1998.
KREPS, D.M. A course in microeconomic theory. Local: Princeton University Press, 1990.
KREPS, D.M. Microeconomics for  managers. New York: W.W. Norton, 2004
PINDYCK, R.S., RUBINFELD, D.L. Microeconomia, 6ª Ed, São Paulo: Pearson, 2006.
RICARDO, D. Princípios de economia política e tributação. Coleção os Economistas. volume 26. São Paulo: Editora Abril, 1982.
STEWART, G. B. III. Em busca do valor; Porto alegre: Bookman, 2003.
YOUNG, S. D.; O’BYRNE, S.F. EVA e gestão baseada em valor. Porto Alegre: Bookman, 2003.