ChancelariaOuvidoriaUniversidadeWebmail
Imprimir a página Procura no Site Mapa do Site
Selecione a unidade:
Matrícula:
Senha:

Processos de Soldagem

<h1 style="MARGIN: 0cm 0cm 0pt">Processos de Soldagem</h1>



Semestre:

2º de 2011

Disciplina:

Processos de Soldagem

Código:

26117721

Curso:

ENGENHARIA MECÂNICA

Carga Horária:

4

Teoria:

2

Prática:

2

Etapa:

7

Professor:

Teoria: Giovanni S. Crisi – Laboratório:   

Objetivo:

TEORIA
Ensinar aos alunos os fundamentos da solda elétrica e procedimentos de soldagem, capacitando-os para escolher o melhor procedimento e materiais de adição adequados a cada caso, prevenir e resolver os problemas que se apresentam durante a soldagem, caracterizar a qualidade da solda e estimar seus custos. Familiarizá-los com as normas AWS.  

LABORATÓRIO
Capacitar os alunos a identificar os vários processos de soldagem, suas vantagens e desvantagens na aplicação em construção mecânica.
Capacitar os alunos a desenvolver um procedimento de soldagem baseado em normas de fabricação mecânica, qualificando processo e soldador.

Desenvolver nos alunos a habilidade de selecionar os materiais e processos de soldagem a serem aplicados nas diversas formas de construção mecânica (estruturas metálicas, vasos de pressão, tanques e reservatórios, tubulações).

Desenvolver nos alunos a habilidade de selecionar os ensaios aplicáveis nas juntas soldadas em função da construção mecânica a executar, e a interpretar os resultados dos ensaios.

Ementa:

TEORIA
Metalurgia da solda.
Consumíveis de soldagem. Classificação AWS.
Descontinuidades.
Controle das deformações.
Alívio de tensões.
Inspeção de soldas.
Qualificação de procedimentos e soldadores.
Estimativa dos custos de soldagem.
Soldagem de polímeros.
LABORATÓRIO
Seleção de processo de soldagem.
Seleção de Materiais e Parâmetros para os processos de soldagem.
Execução de soldagem (oxiacetilênico, arco elétrico, MIG e TIG).
Qualificação do processo de soldagem.
Ensaios Metalográficos, Ensaios Mecânicos, Ensaios Não-Destrutivos.


Metodologia:

TEORIA
As aulas são ministradas mediante exposições orais com o uso de Data Show. Realização de exercícios teórico-práticos a ser resolvidos em sala de aula. 
Para incentivar os alunos e fomentar neles a prática da pesquisa, será incentivada a freqüência ao site da AWS (Sociedade Americana de Solda).  
LABORATÓRIO
Aulas práticas de seleção de materiais de enchimento (eletrodos e varetas) de acordo com a geometria e o material-base a soldar.

Aulas práticas de execução de soldas em materiais metálicos utilizando os processos oxiacetilênico, arco elétrico manual, MIG (metal inert gas - Argônio) e TIG (tungsten inert gas - Argônio).
Aulas práticas de corte de materiais com oxiacetilênico e plasma.
Qualificação dos processos de soldagem.

Ensaios das soldas: Ensaios destrutivos (tração e dobramento), Ensaios Metalográficos (macro e micrografias), Ensaios não-destrutivos (Líquido Penetrante, Partículas Magnéticas).



Critério:

A Nota Final da disciplina é calculada com a seguinte fórmula:

NF = 0,1 Ex + 0,45 NL + 0,45 PAF, sendo

Ex: Exercício individual em sala de aula.  

NL: Nota Laboratório

PAF: Prova Final de teoria  



Conteúdo Programático:

TEORIA
1. Terminologia de soldagem
2. Metalurgia da solda.
As regiões de uma junta soldada. Ciclo térmico. Repartição térmica.
Transformações associadas à fusão: Volatilização. Reações químicas. Absorção de gases. Diluição. Composição química resultante da diluição.

Solidificação da poça de fusão. Estrutura metalográfica resultante da solidificação. Os diagramas de Schaeffler e WRC 1992. O “Número de Ferrita”. Exercícios. Transformações associadas ao ciclo térmico: caso dos aços não-temperáveis, temperáveis e não-transformáveis.
Soldabilidade. O conceito do "Carbono Equivalente".
3. Processos de soldagem e corte.
Soldagem com eletrodo revestido. Soldagem a arco submerso. Soldagem MIG/MAG. Soldagem TIG. Soldagem por eletrodo tubular. Soldagem a gás. Brasagem. Oxi-corte. Corte com eletrodo de carvão. Corte com plasma.
4. Consumíveis de soldagem.
Classificação AWS e ISO. Características de cada tipo. 
5. Defeitos e descontinuidades
Diferença entre defeito e descontinuidade. Identificação. Prevenção. Reparos.
6. Deformações devidas à solda.
Motivos. Prevenção. Reparos.
7. Tratamento térmico de alívio de tensões.
Motivos. Execução na oficina e no campo.
8. Inspeção de soldas.
9. Soldagem dos principais materiais usados na indústria.
Aços carbono. Aços liga. Aços inoxidáveis. Alumínio e suas ligas. Soldagem de materiais de diferente composição química.
10. Qualificação de Procedimentos de Soldagem e soldadores.

Motivos. Execução. Normas aplicáveis.
11. Documentação técnica de soldagem.
Elaboração. Acompanhamento. Traceamento.
12. Estimativa de custos de soldagem de metais.
13. Soldagem de polímeros.
Fundamentos. Soldagem por atrito, por chapa quente e por ar quente.
LABORATÓRIO
1. Equipamentos para Soldagem.
2. Materiais para soldagem (gases, consumíveis, fluxos).
3. Ensaios e Inspeção de juntas soldadas.
4. Procedimento para Qualificação do processo de soldagem.


Bibliografia:

TEORIA
Bibliografia básica
Itens 1 a 12.
Wainer, E. et al.:Soldagem. Processos e Metalurgia. Edgar Blucher, SP, 2001
Item 13.
Polialden Química S.A.: Boletim Técnico 6.02, Edição da própria empresa, 1998.